Vigadexa

Bula de Vigadexa

Bula do remédio Vigadexa. Princípios Ativos cloridrato.

publicidade

Indicação

Para quê serve Vigadexa?

VIGADEXA Solução Oftálmica Estéril é indicado no tratamento das infecções oculares e na prevenção da inflamação e infecção bacteriana que podem ocorrer após cirurgia ocular.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Você não deve usar VIGADEXA Solução Oftálmica se tiver glaucoma e/ou doença ocular com afinamento da córnea ou esclera, se for alérgico a qualquer componente do produto ou em caso de inflamação nos olhos causada por vírus, fungos ou micobactérias.

Posologia

Como usar Vigadexa?

Na prevenção da infecção e inflamação ocular pós-cirúrgica, instilar 1 gota, 4 vezes por dia, no olho a ser operado, desde 1 dia antes da cirurgia até 15 dias depois da cirurgia. Nos pacientes submetidos à cirurgia de catarata, no dia da cirurgia instilar a medicação imediatamente após a
cirurgia ocular. Nos pacientes submetidos à cirurgia refrativa pela técnica LASIK, no dia da cirurgia instilar a medicação no mínimo 15 minutos após a cirurgia ocular. Nas infecções oculares causadas por microrganismos suscetíveis, instilar 1 gota, 4 vezes por dia, por até 7 dias ou conforme critério médico.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

As reações adversas que podem ocorrer com uso de corticosteróides são: glaucoma com lesão no nervo óptico, defeitos na acuidade visual e no campo visual, formação de catarata, infecções oculares secundárias, após supressão da resposta do hospedeiro e perfuração do globo ocular. Os eventos adversos oculares relatados com maior freqüência com o uso da solução oftálmica de moxifloxacino 0,5% foram conjuntivite, diminuição da percepção visual, olho seco, inflamação da córnea, desconforto ocular, vermelhidão ocular, dor ocular, coceira ocular, hemorragia subconjuntival e lacrimejamento. Estes eventos ocorreram em aproximadamente 1 a 6% dos pacientes. Nos procedimentos cirúrgicos, alguns desses eventos são conseqüências da própria cirurgia ocular. Eventos adversos não oculares relatados em 1 a 4% dos pacientes tratados com solução oftálmica de moxifloxacino 0,5% foram: febre, aumento de tosse, infecção, otite média,
faringite, erupção cutânea e rinite. ATENÇÃO: Este é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e
segurança aceitáveis para a comercialização, efeitos não conhecidos e indesejáveis podem ocorrer. Neste caso, informe seu médico.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Se você tiver qualquer reação alérgica deve parar de usar este medicamento e consultar o seu médico. Se você usar esteróides por muito tempo poderá desenvolver glaucoma com dano ao nervo óptico, defeito na percepção visual e no campo visual, catarata, ou você poderá aumentar o risco de desenvolver infecções oculares secundárias. Nas doenças que causam o afinamento da
córnea ou da esclera (a parte branca do olho), há casos de perfuração com o uso de esteróides oculares. Em condições agudas do olho, os esteróides podem esconder a infecção ou aumentar as infecções existentes.

Precauções
Se você usar medicamentos contendo esteróides e antibióticos por muito tempo, podem aparecer infecções na córnea causadas por fungos e/ou microrganismos resistentes podem se desenvolver.Se ocorrer uma superinfecção você deve procurar o seu oftalmologista para iniciar uma terapia adequada. Se você for alérgico a outros antibióticos semelhantes ao moxifloxacino poderá ter reações alérgicas com o uso de VIGADEXA. Neste caso, você deve parar de usar o medicamento e procurar orientação médica para indicação da terapia adequada. VIGADEXA não deve ser utilizado durante a gravidez e amamentação, exceto sob orientação
médica. Informe seu médico se ocorrer gravidez ou iniciar amamentação durante o uso deste medicamento. VIGADEXA não foi estudado em crianças. Informe o médico sobre o aparecimento de reações indesejáveis.Informe seu médico se você está fazendo uso de algum outro medicamento.Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Se você colocar uma grande quantidade de VIGADEXA Solução Oftálmica nos olhos de uma só vez, lave os olhos com água morna. Não pingue mais o produto até o horário da próxima dose. Se você tomar o medicamento acidentalmente, procure orientação médica.

Composição

Cada ml (aproximadamente 30 gotas) de VIGADEXA Solução Oftálmica Estéril contém:Cloridrato de moxifloxacino 5,45 mg (equivalente a 5,0 mg de moxifloxacino base) Fosfato dissódico de dexametasona 1,10 mg (equivalente a 1,0 mg de fosfato de dexametasona ou 0,83 mg de dexametasona) Veículo constituído por edetato dissódico diidratado, ácido bórico, cloreto de sódio, sorbitol, tiloxapol, hidróxido de sódio / ácido clorídrico e água purificada q.s.p. 1,0 ml.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Você deve conservar o medicamento em temperatura ambiente (15 a 30 ºC). Para evitar contaminação não encoste a ponta do frasco nos olhos e nem em outra superfície qualquer. Feche bem o frasco depois de usar. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentação

Frasco plástico conta-gotas contendo 5 ml de Solução Oftálmica Estéril.

PRODUTO DE USO EXCLUSIVO EM ADULTOS. O USO EM CRIANÇAS REPRESENTA RISCO À SAÚDE

Interações Medicamentosas

Não foram realizados estudos de interação medicamentosa com VIGADEXA Solução Oftálmica.

Informações Legais

MS-1.0023.0268.001-4
Farm. Resp.: Lygia Casella Piazza, CRF-SP nº 8066
Serviço de Atendimento ao Consumidor: 0800-7077908

Laboratório

ALCON LABORATÓRIOS DO BRASIL LTDA.

Av. N.S. da Assunção, 736 05359-001 São Paulo - SP
CNPJ 60.412.327/0013-36
Indústria Brasileira

publicidade