Tryptanol

Bula do remédio Tryptanol. Classe terapêutica dos Antidepressivos. Princípios Ativos Amitriptilina.

Indicação

Para que serve Tryptanol?

Tryptanol está indicado principalmente para tratamento de depressão.

Também é indicado para o tratamento de enurese noturna (urinar na cama à noite).

Tryptanol possui propriedades sedativas (calmantes).

Via oral - Uso adulto e pediátrico

Posologia

Como usar Tryptanol?

Posologia para depressão

A dose ideal de Tryptanol varia de paciente para paciente e será ajustada por seu médico de acordo com sua resposta ao tratamento.

Na maioria dos casos, inicia-se a terapia com uma dose baixa de Tryptanol e, se necessário, aumenta-se a dose posteriormente, até que ocorra melhora dos sintomas.

A maioria dos pacientes continua o tratamento por, pelo menos, três meses.

Posologia para enurese noturna

A dose diária varia conforme o caso e é ajustada pelo médico de acordo com a idade e o peso da criança.

Informe imediatamente ao seu médico sobre qualquer alteração de sua condição, uma vez que pode haver necessidade de ajuste da prescrição.

Não interrompa o tratamento de forma repentina, a menos que seja orientado (a) por seu médico.

Para obter melhores resultados, tome Tryptanol diariamente.

É importante seguir rigorosamente as orientações de seu médico.

Composição

Ingrediente ativo

Cada comprimido revestido de Tryptanol contém 25 mg ou 75 mg de cloridrato de amitriptilina.

Ingredientes inativos

Cada comprimido revestido de Tryptanol contém os seguintes ingredientes inativos: lactose, fosfato de cálcio dibásico, celulose, amido de milho, dióxido de silício, ácido esteárico, estearato de magnésio, hidroxipropilmetilcelulose, hidroxipropilcelulose, dióxido de titânio, talco, laca de corante amarelo FD&C nº 6 (comprimidos 75 mg) e óxido férrico amarelo, laca de quinolina amarela (comprimidos de 25 mg).

Apresentação:

  • comprimidos revestidos em caixas contendo blísteres com 20 comprimidos de 25 mg ou 75 mg.

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

Tryptanol pertence a um grupo de fármacos conhecidos como antidepressivos tricíclicos.

A atividade antidepressiva pode se manifestar em três ou quatro dias ou pode levar até trinta dias para se desenvolver por completo.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Você não deve tomar Tryptanol se:

  • For alérgico (a) a qualquer um de seus componentes;
  • Estiver recebendo tratamento para depressão com alguns medicamentos conhecidos como inibidores da MAO (IMAO);
  • Estiver recebendo tratamento com cisaprida;
  • Tiver sofrido um ataque cardíaco recentemente, por exemplo, nos últimos 30 dias.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Tryptanol na gravidez e amamentação

Ainda não se sabe qual o efeito de Tryptanol em casos de gravidez.

Se estiver grávida ou pretende engravidar, informe ao seu médico, que irá avaliar junto com você os riscos e benefícios do tratamento com o medicamento.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do
cirurgião-dentista.

Durante a amamentação, não utilize Tryptanol.

Como Tryptanol passa para o leite materno, existe possibilidade de prejuízo ao bebê.

Uso Pediátrico

Tryptanol também é indicado para o tratamento de crianças com enurese noturna, no entanto, não se recomenda o uso de Tryptanol para o tratamento de depressão em pacientes com menos de 12 anos de idade.

Uso em idosos

Em geral, doses mais baixas são recomendadas para esses pacientes.

A dose diária pode ser tomada em doses divididas ou como dose única, de preferência à noite ou na hora de dormir.

Informe ao seu médico sobre quaisquer problemas médicos que esteja apresentando ou tenha apresentado, incluindo: alergias; distúrbios mentais; problemas cardíacos, hepáticos, urinários ou hormonais (tiróide); convulsões; e glaucoma.

A interrupção repentina do tratamento com Tryptanol pode causar náusea, dor de cabeça e fadiga.

Observou-se que a redução gradual da dose ao longo de duas semanas pode causar irritabilidade, inquietação e distúrbios do sono e dos sonhos.

Atenção: este medicamento contém corantes que podem, eventualmente, causar reações alérgicas.

Tryptanol pode diminuir o estado de alerta de alguns pacientes. Se sentir que está menos alerta, não dirija. Evite operar máquinas ou realizar outras atividades de risco que exijam atenção.

Interações Medicamentosas

Embora Tryptanol geralmente possa ser administrado com outros medicamentos, há exceções: seu médico pode advertir contra o uso com certos medicamentos ou pode ajustar a dose de certos medicamentos usados para tratar condições psiquiátricas ou depressão mental, úlceras, pressão alta, batimento cardíaco irregular ou abuso de álcool.

Além disso, seu médico também pode advertir contra o uso de Tryptanol com álcool ou certos medicamentos para aliviar a dor, sedativos ou medicamentos para dormir.

Se necessitar de terapia por eletrochoque, fale para seu médico que está tomando Tryptanol.

Seu médico possui uma lista mais completa dos medicamentos que são contra-indicados para uso enquanto você estiver tomando Tryptanol.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Mantenha a embalagem fechada, conservar em temperatura ambiente, protegida da luz e umidade.

Aspecto físico:

  • Tryptanol 25 mg: comprimidos redondos, de cor amarela, com a inscrição -45- gravada em um lado e do outro lado plano.
  • Tryptanol 75 mg: comprimidos redondos, de cor alaranjada, planos de um lado e com a inscrição -MSD 430- gravada no outro.

Número do lote - Data de fabricação - Vencimento: vide cartucho.

publicidade

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Tryptanol​ em geral é bem tolerado.

Como qualquer medicamento, no entanto, Tryptanol pode apresentar efeitos indesejáveis, denominados reações adversas.

As reações adversas mais frequentes durante o tratamento da depressão são sonolência, dificuldade de concentração, visão turva, pupilas dilatadas, boca seca, alteração do paladar, náusea, prisão de ventre, ganho de peso, fadiga, desorientação, diminuição da coordenação muscular, aumento da transpiração, tontura, sensação de tontura que pode ocorrer quando você se levantar rapidamente (devido à queda brusca da pressão), dor de cabeça, palpitação, pulso rápido, alteração da libido e impotência.

As reações adversas durante o tratamento da enurese noturna ocorrem com menor frequência.

Os efeitos adversos mais frequentes são sonolência, boca seca, visão turva, dificuldade de concentração e prisão de ventre.

Podem ocorrer reações de hipersensibilidade como urticária, coceira, erupções cutâneas e inchaço do rosto e/ou da língua, que podem causar dificuldade para respirar ou engolir: entre em contato com seu médico imediatamente nos casos de ocorrência destes sintomas.

Seu médico possui uma lista mais completa das reações adversas.

Algumas dessas reações podem ser de natureza grave.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Se tomar mais do que a dose prescrita, informe ao seu médico imediatamente, de forma que sejam providenciados cuidados médicos imediatos.

Podem ocorrer sintomas de natureza grave, inclusive morte, como consequência de superdose com essa classe de medicamentos.

Os sintomas da superdose aparecem rapidamente e incluem:

Críticos: batimentos cardíacos irregulares, diminuição acentuada da pressão, convulsões e depressão do sistema nervoso central, inclusive coma.

Outros: confusão, dificuldade de concentração, alucinações visuais transitórias, dilatação das pupilas, agitação, aumento dos reflexos, estupor, sonolência, rigidez muscular, vômito, aumento ou diminuição acentuada da temperatura corporal, além de quaisquer dos sintomas citados em Reações adversas.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Deve-se tomar Tryptanol conforme a prescrição.

Se você deixou de tomar uma dose, deverá tomar a dose seguinte como de costume, isto é, na hora regular e sem duplicar a dose.

Laboratório

Merck Sharp & Dohme Farmacêutica Ltda. MSD

SAC: 0800-0122232

Dizeres Legais

Registro MS - 1.0029.0155
Farmacêutico Responsável: Fernando C. Lemos – CRF-SP nº 16.243

SAC: 0800-0122232

Venda sob prescrição médica
Só pode ser vendido com retenção de receita

publicidade