Stugeron

Bula de Stugeron

Bula do remédio Stugeron. Classe terapêutica dos Antivertiginosos, Ativadores do Metabolismo Cerebral, Defatigantes e Vasodilatadores. Princípios Ativos Cinarizina.

publicidade

Indicação

Para quê serve Stugeron?

Distúrbios circulatórios cerebrais: profilaxia e tratamento dos sintomas de espasmo vascular cerebral e arteriosclerose como tontura, zumbido no ouvido, cefaléia vascular, falta de sociabilidade e irritabilidade, fadiga, distúrbios do sono como o despertar precoce, depressão de involução, perda de memória, falta de concentração, incontinência e outros distúrbios devidos à idade. Seqüelas de traumas cranioencefálicos. Seqüelas funcionais pós-apopléticas. Enxaqueca. Distúrbios circulatórios periféricos: profilaxia e tratamento dos sintomas que acompanham os distúrbios circulatórios periféricos (arteriosclerose, tromboangeíte obliterante, moléstia de Raynaud, diabete, acrocianose, etc), tais como: claudicação intermitente, distúrbios troficos, pré-gangrena, úlceras varicosas, parestesia, câimbra noturna, extremidades frias. Distúrbios do equilíbrio: Profilaxia e tratamento dos sintomas dos distúrbios do equilíbrio (arteriosclerose labiríntica, irritabilidade do labirinto, síndrome de MeniÞre), tais como, vertigem, tontura, zumbido, nistagmo, náuseas e vômitos. Profilaxia dos distúrbios de movimento.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Não se conhecem contra-indicações formais ao uso de Stugeron, exceto os casos de hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.

Posologia

Como usar Stugeron?

Distúrbios da circulação cerebral: 1 comprimido de 25 mg, 3 vezes ao dia, ou 1 comprimido de 75 mg diariamente, ou 3 vezes 8 gotas (= 3 x 24 mg) ao dia. Distúrbios da circulação periférica: 2 ou 3 comprimidos de 25 mg, 3 vezes ao dia, ou 2 a 3 comprimidos de 75 mg ao dia, ou 2 a 3 vezes 25 gotas (=2 a 3 x 75 mg) diariamente. Distúrbios do equilíbrio: 1 comprimido de 25 mg, 3 vezes ao dia, ou 1 comprimido de 75 mg diariamente, ou 3 vezes 8 gotas (= 3 x 24 mg) ao dia. Distúrbios do movimento: 1 comprimido de 25 mg ou 8 gotas (= 24 mg) meia ou uma hora antes de iniciar a viagem e repetir a cada 6 horas. Stugeron deverá ser tomado, preferivelmente, após refeições.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Os efeitos colaterais, quando presentes, se resumem à ligeira sonolência e algum distúrbio gastrintestinal, no início do tratamento e que tendem a desaparecer espontaneamente com o decorrer do tratamento. Caso isto não aconteça, é conveniente reduzir a dose, sem necessidade de se interromper a medicação. Excepcionalmente, se observou, em pessoas idosas e durante o tratamento prolongado, o aparecimento de sintomas extrapiramidais ou um agravamento destes sintomas, quando eles já se encontravam presentes. Nesses casos a dose deve ser reduzida ou o tratamento deve ser interrompido. Interações medicamentosas: os depressores do SNC, o álcool e os antidepressivos tricíclicos usados concomitantemente podem potencializar os efeitos sedativos destes e do Stugeron. Devido ao efeito anti-histamínico do Stugeron, pode haver interferência na leitura dos testes intradérmicos, se a medicação for utilizada até quatro dias antes do teste cutâneo. Superdosagem: em um caso isolado de superdosagem (2100 mg) com uma criança de 4 anos de idade, as seguintes manifestações foram observadas: vômito, sonolência, coma, tremor, hipotonia. A recuperação ocorreu sem problemas. Não existe antídoto específico, mas no caso de superdosagem, a lavagem gástrica assim como a administração de carvão ativado podem ser úteis. - Efeitos sobre a capacidade de dirigir e operar máquinas: desde que a sonolência pode ocorrer, especialmente no início do tratamento, cuidados devem ser tomados durante o ato de dirigir veículos ou operar máquinas perigosas.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Stugeron como outros anti-histamínicos pode causar epigastralgia, e a administração após as refeições pode diminuir a irritação gástrica. Em pacientes com doença de Parkinson, Stugeron deve ser usado apenas se os benefícios sobrepujarem os possíveis riscos de agravamento da doença. Stugeron pode causar sonolência, especialmente no início do tratamento. Deve-se tomar cuidado com o uso concomitante de álcool ou depressores do SNC. - Uso durante a gravidez e lactação: embora não tenha mostrado qualquer efeito teratogênico em estudos animais, só se recomenda o uso de Stugeron durante a gravidez se os benefícios justificarem os riscos potenciais sobre o feto. Não há dados sobre a excreção do Stugeron no leite humano. Assim, a lactação é desaconselhável em mulheres tomando Stugeron.

Composição

Cada comprimido de 25 mg e de 75 mg contém,respectivamente: cinarizina 25 mg e 75 mg. Excipientes: lactose, amido, sacarose, talco, polivinilpirrolidona, estearato de magnésio, corante amarelo crepúsculo. Suspensão (em cada ml): cinarizina 75 mg. Excipientes: sorbitol, polioxietileno (20) monolaurato de sorbitano, metilparabeno, propilparabeno, celulose microcristalina e carboximetilcelulose sódica, álcool etilico, aroma de banana, corante amarelo tartrazina, água desionizada q.s.p.

Apresentação

Embalagem com 30 comprimidos. Suspensão: em frasco com 15 ml.

Laboratório

Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda.

Telefone: 0800 - 701185

publicidade