Siludrox

Bula de Siludrox

Bula do remédio Siludrox. Classe terapêutica dos Antiacidos. Princípios Ativos Dimenidrinato, Dimeticona, Hidróxido de Alumínio e Hidróxido de Magnésio.

publicidade

Indicação

Para quê serve Siludrox?

Alívio sintomático da hiperacidez e flatulência associadas ao diagnóstico de úlcera péptica, gastrite, esofagite péptica, hiperacidez gástrica e hérnia de hiato.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Pacientes com sintomas de apendicite, pacientes com grave disfunção renal e em pacientes com hipofosfatemia.

Posologia

Como usar Siludrox?

Doses sugeridas: suspensão: 1 a 2 colheres das de chá (5 a 10 ml), 5 a 6 vezes ao dia. Comprimidos mastigáveis: 1 a 2 comprimidos, 5 a 6 vezes ao dia. Os comprimidos devem ser mastigados ou dissolvidos na boca antes de serem deglutidos.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

O uso prolongado por indivíduos ingerindo uma dieta pobre em fosfato pode provocar osteomalacia e miopatia proximal. Intolerância ao hidróxido de alumínio pode se revelar por náuseas, constipação intestinal ou vômitos.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

O uso em pacientes com disfunção renal leve a moderada deve ser cuidadosamente monitorado devido a um possível aumento de risco de hipermagnesemia. Em pacientes com disfunção renal crônica pode ocorrer hiperaluminemia. Com altas doses ou com administração prolongada de antiácidos contendo alumínio pode ocorrer hipofosfatemia, especialmente em pacientes com uma dieta com quantidades inadequadas de fósforo. Os níveis séricos de fosfato devem ser monitorados a intervalos mensais ou bimensais em pacientes em hemodiálise de manutenção que estejam recebendo terapia antiácida crônica. Uso na gravidez: antiácidos contendo alumínio e magnésio geralmente são considerados seguros para uso nos dois últimos trimestres da gravidez, desde que sejam evitadas altas doses crônicas. Não foram documentados problemas com o uso de simeticona (dimeticona) em nenhum dos três trimestres da gravidez. - Interações medicamentosas: pelo fato dos antiácidos terem a capacidade de alterar o pH gástrico ou urinário e de adsorver ou formar complexos com outras drogas, a velocidade de absorção e/ou a quantidade absorvida de outras drogas pode ser aumentada ou diminuída quando a droga é usada concomitantemente com os mesmos. Em geral, os pacientes devem ser aconselhados a não tomar nenhuma outra medicação oral dentro de 1 a 2 horas do uso de antiácidos. O uso simultâneo com benzodiazepínicos, fenotiazinas, drogas antiinflamatórias não esteróides (tal como, diflunisal), digitálicos (tal como, digoxina) e cetoconazol diminui a absorção destas drogas. O uso simultâneo com levodopa aumenta a absorção desta droga.

Composição

Suspensão: cada colher das de chá (5 ml)contém: hidróxido de alumínio 200 mg; hidróxido de magnésio 72 mg; dimeticona 25 mg. Comprimidos mastigáveis: cada comprimido contém: hidróxido de alumínio 184 mg; hidróxido de magnésio 116 mg; dimeticona 25 mg.

Apresentação

Suspensão oral: frasco com 240 ml. Comprimidos mastigáveis: caixa com 30.

Laboratório

Eurofarma Laboratórios Ltda.

SAC: 0800-704-3876

publicidade