Secnidazol 1000 mg

publicidade

Bula do remédio genérico Secnidazol 1000 mg. Classe terapêutica dos Antiparasitário. Princípios Ativos Secnidazol.

Indicação

Para que serve Secnidazol 1000 mg?

- giardíase;
- amebíase intestinal sob todas as formas;
- amebíase hepática;
- tricomoníase.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

- hipersensibilidade aos derivados imidazólicos ou a qualquer componente da fórmula;
- suspeita de gravidez e nos três primeiros meses desta;
- aleitamento.

Posologia

Como usar Secnidazol 1000 mg?

Tricomoníase
Dose única de 2000 mg (2 comprimidos revestidos de 1000 mg); a mesma dose é recomendada para o cônjuge.

Amebíase intestinal e giardíase
Dose única de 2000 mg (2 comprimidos revestidos de 1000 mg).

Amebíase hepática
500 mg, 3 vezes ao dia, durante 5 a 7 dias.

O medicamento deve ser administrado em uma das refeições, preferencialmente à noite. Os comprimidos revestidos de 1000 mg devem ser tomados em dose única, conforme prescrição médica. Na impossibilidade da ingestão em dose única, ingerir os comprimidos revestidos em intervalo de alguns minutos, mas nunca em intervalo maior que 30 minutos, a fim de não comprometer a eficácia do tratamento.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

- distúrbios digestivos: náuseas, gastralgia, alteração do paladar (gosto metálico), glossites, estomatites;
- erupções urticariformes;
- leucopenia moderada, reversível com a suspensão do tratamento;
- mais raramente: vertigens, fenômenos de incoordenação e ataxia, parestesias, polineurites sensitivo-motoras.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Como acontece com outros imidazólicos, deve-se evitar a ingestão de bebidas alcoólicas durante o tratamento com secnidazol e por até 4 dias após o seu término. Recomenda-se também evitar a ingestão de secnidazol aos pacientes com antecedentes de discrasia sangüínea e distúrbios neurológicos.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Neste caso, realizar lavagem gástrica o mais precocemente possível e instituir tratamento sintomático, de acordo com o necessário.

Composição

Cada comprimido revestido contém 1050 mg de secnidazol hidratado, equivalente a 1000 mg de secnidazol. Excipientes em 1 comprimido: (celulose microcristalina, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio, hipromelose e macrogol, amido).

Apresentação

Comprimido revestido de 1000 mg: embalagens com 2 ou 4 unidades.

USO ADULTO - USO ORAL

Laboratórios

Farm. Resp.: Dra. Clarice Mitie Sano Yui - CRF-SP nº 5.115
MS - 1.0181.0380Medley S.A. Indústria Farmacêutica
Rua Macedo Costa, 55 - Campinas - SP
CNPJ 50.929.710/0001-79 - Indústria Brasileira

Interações Medicamentosas

Associações desaconselháveis
- dissulfiram: risco de surto delirante, estado confusional.

- álcool: efeito antabuse (calor, vermelhidão, vômito e taquicardia).

Evitar a ingestão de bebidas alcoólicas e de medicamentos contendo álcool durante o tratamento com secnidazol.

Associações que necessitam precaução de uso
- anticoagulantes orais (descrita com a varfarina): aumento do efeito anticoagulante e do risco hemorrágico por diminuição do metabolismo hepático.

Recomenda-se controle freqüente da taxa de protrombina e adaptação posológica dos anticoagulantes orais durante o tratamento com secnidazol e até 8 dias após o seu término.

publicidade