Piroxicam

Bula do remédio genérico Piroxicam. Classe terapêutica dos Analgésicos, Antiinflamatórios, Antipiréticos e Antirreumáticos. Princípios Ativos Piroxicam.

Indicação

Para que serve?

O Piroxicam em gel, gotas, sublingual, comprimidos solúveis ou cápsulas é indicado para a dor e inflamação, no tratamento da artrite reumatoide, osteoartrite, espondilite anquilosante, problemas músculo-esqueléticos, gota e no tratamento da dor pós-operatória e pós-traumática. Além disso, Piroxicam é também indicado no tratamento da dismenorreia, em adultos e crianças com mais de 12 anos.

Posologia

Como usar?

Piroxicam em gel, gotas, sublingual, comprimidos solúveis ou cápsulas deve ser administrado de acordo com indicação médica, e as doses e duração do tratamento vão depender da doença ou problema a tratar.

Tratamento da artrite reumatoide, osteoartrite e espondilite anquilosante

  • A dose recomendada é de 20 mg por dia, administrados 1 vez por dia.

Tratamento de problemas músculo-esqueléticos

  • A dose recomendada é de 40 mg por dia durante os primeiros 2 dias de tratamento, diminuindo posteriormente para 20 mg por dia.

Tratamento da Gota

  • A dose recomendada é de 40 mg por dia, administrados em dose única ou dividida ao longo do dia.

Tratamento da dor pós-operatória ou pós-traumática

  • A dose inicial recomendada é de 20 mg por dia, administrados 1 vez por dia, podendo esta dose ser posteriormente aumentada para 40 mg por dia.

Tratamento da dismenorreia

  • A dose recomendada é de 40 mg por dia para tratar os primeiros sintomas, diminuindo posteriormente a dose diária para 20 mg.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Piroxicam incluem inflamações na boca, anorexia, desconforto e mau estar no estômago ou abdômen, náusea, prisão de ventre, desconforto abdominal, gases, diarreia, dor abdominal e má digestão.

publicidade

Contraindicações

Quando não devo usar?

Piroxicam está contraindicado para crianças com menos de 12 anos de idade, pacientes com úlcera péptica, hemorragia gastrintestinal, asma, rinite, para pacientes com reações alérgicas como asma, pólipo nasal, angioedema ou urticária causadas por anti-inflamatórios e para pacientes com alergia Piroxicam ou a outros componentes da formula. Além disso, Piroxicam está também contraindicado para o tratamento da dor no período paratório de cirurgia para revascularização do miocárdio.

Farmacocinética

Como funciona?

Piroxicam é um agente anti-inflamatório não-esteroide que possui também propriedades analgésicas e antipiréticas.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Piroxicam​, deverá falar com o seu médico se estiver grávida ou amamentando, tiver azia, sintomas gástricos, doenças nos rins, fígado ou coração ou se estiver a tomar outros medicamentos.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Piroxicam em gotas, sublingual, comprimidos solúveis ou cápsulas, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento.

Composição

Piroxicam gel por cada 1 g contém:

Piroxicam _________________________________ 5 mg

Excipientes _________________________________ 1 g

(Excipientes: carbômer 934, hietelose, álcool etílico, álcool benzílico, propilenoglicol, trolamina e água purificada).

Piroxicam gotas por cada 1 ml, cerca de 21 gotas, contém:

Piroxicam _________________________________ 9 mg

Excipientes ________________________________ 1 ml

(Excipientes: polissorbato 20, sacarose, glicerina, celulose microcristalina, metilparabeno, propilparabeno, fosfato de potássio dibásico, álcool etílico, água purificada).

Piroxicam sublingual por cada comprimido de dissolução instantânea contém:

Piroxicam _________________________________ 9 mg

Excipientes ________________________________ 1 ml

(Excipientes: manitol, gelatina e aspartamo).

Piroxicam comprimidos solúveis por cada comprimido contém:

Piroxicam ________________________________ 20 mg

Excipientes ____________________________ 1 cápsula

(Excipientes: lactose monoidratada, hiprolose, celulose microcristalina e estearil fumarato de sódio).

Piroxicam cápsulas por cada cápsula contém:

Piroxicam ________________________________ 20 mg

Excipientes ____________________________ 1 cápsula

(Excipientes: amido, estearato de magnésio, lactose monoidratada e laurilsulfato de sódio).

Interações Medicamentosas

Piroxicam não deve ser administrado em conjunto com alguns medicamentos ou substâncias sem orientação médica, como ácido acetilsalicílico ou outros anti-inflamatórios, anticoagulantes, glicosídeos cardíacos como digoxina ou digitoxina, cimetidina, colestiramina, corticosteroides, ciclosporina, lítio ou outros agentes ligantes a proteínas, metotrexato, tacrolimo, medicamentos antiácidos ou com medicamentos anti-hipertensivos incluindo diuréticos, inibidores da enzima conversora da angiotensina, antagonistas da angiotensina II ou com betabloqueadores.

Piroxicam pode causar cólica?

Sim, Piroxicam pode causar cólica, pois em alguns casos pode provocar desconforto, mau estar ou dor no estômago ou abdômen.

Laboratório

Medley

- SAC: 0800 7298000.

Piroxicam também pode ser conhecido comercialmente como Feldene ou Inflamene, e outros medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos e antirreumáticos podem ser Mioflex-A, Mioflex, Torsilax ou Dexalgen.

Dizeres Legais:

MS: 1.0181.0449

Farm. Resp.: Dra. Clarice Mitie Sano Yui

publicidade
< Piroxene < Piroxicam > Piroxifen >