Motilium

Bula de Motilium

Bula do remédio Motilium. O genérico de Motilium é Domperidona. Classe terapêutica dos Antiemético e Gastrocinético. Princípios Ativos Domperidona.

publicidade

Indicação

Para quê serve Motilium?

Motilium é indicado para tratar sensação de empachamento epigástrico, saciedade precoce, distensão abdominal, dor abdominal alta; eructação, flatulência; náuseas e vômitos; azia, queimação epigástrica com ou sem regurgitação de conteúdo gástrico, pode ocorrer na de síndrome dispépticas, retardo de esvaziamento gástrico, refluxo gastroesofágico e esofagite.

Motilium também é indicado em náuseas e vômitos de origem funcional, orgânica, infecciosa ou alimentar, induzidos por radioterapia ou tratamento medicamentoso como os anti-inflamatórios e antineoplásicos.

Uma indicação específica são as náuseas e vômitos induzidos pelos medicamentos usados no tratamento da Doença de Parkinson como a L-dopa e bromocriptina.

Uso adulto e pediátrico - Uso oral

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

O controle dos sintomas é observado progressivamente com o decorrer do tratamento.

Posologia

Como usar Motilium?

Motilium na síndromes dispépticas, náuseas e vômitos é tipicamente 30 mg/dia e pode ser aumentada, se necessário, a uma dose diária oral máxima de 80 mg.

Modo de uso adulto de Motillium por adultos: 1 comprimido ou 10 mL da suspensão, 3 vezes ao dia, 15 a 30 minutos antes das refeições e, se necessário, 10 mg ao deitar, respeitando a dose diária máxima de 8 comprimidos de 10 mg ou 80 mL de suspensão oral 1 mg/mL.

A duração inicial do tratamento é de até quatro semanas.

Motilium pode ser usado em adultos e adolescentes com idade igual ou maior que 12 anos e com peso igual ou maior que 35 kg, e crianças com peso igual ou maior que 35 kg:

Se o tratamento exceder quatro semanas, os pacientes e a necessidade de continuação do tratamento devem ser reavaliados.

Modo de uso de Motilium em bebês e Crianças menores de 12 anos de idade com peso menor que 35 kg, e adultos e adolescentes com peso menor que 35 kg: 2,5 mL da suspensão oral para cada 10 quilos de peso corporal administrados 3 vezes ao dia, cerca de 30 minutos antes das refeições e, se necessário, uma dose ao deitar, não excedendo a dose diária máxima de 80 mg.

Como as funções metabólicas e a barreira hematoencefálica não são completamente desenvolvidas nos primeiros meses de vida, o risco de efeitos colaterais neurológicos é maior em crianças pequenas. A superdosagem pode causar distúrbios do sistema nervoso em crianças.

A dose deve ser determinada com precisão e não deve exceder a dose máxima diária individual recomendada em recém-nascidos, lactentes, e crianças pequenas.

A duração inicial do tratamento é de até quatro semanas. Se o tratamento exceder quatro semanas, os pacientes e a necessidade de continuação do tratamento devem ser reavaliados.

Os comprimidos de Motilium são inadequados para o uso em crianças, adultos e adolescentes com menos de 35 kg.

Se os resultados não forem satisfatórios, pode-se dobrar a dose em adultos e em crianças acima de 1 ano de idade, respeitando a dose diária máxima de 80 mg.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Você pode ter efeitos colaterais ao usar Motilium.

A seguir estão listados alguns efeitos colaterais relacionados ao tratamento com domperidona.

Efeitos colaterais raros:

  • convulsões;
  • movimentos involuntários da face ou braços e pernas, tremor excessivo, rigidez muscular excessiva ou espasmo muscular;
  • um tipo de reação que pode ocorrer logo após a administração e é reconhecida por erupção cutânea da pele, coceira, falta de ar e/ou inchaço da face;
  • reação de hipersensibilidade grave pode ocorrer logo após a administração que é caracterizada por urticária, coceira, rubor, desmaio, dificuldade para respirar, entre outros possíveis sintomas;
  • distúrbios no ritmo cardíaco;
  • morte inesperada resultante da perda abrupta da função cardíaca em pessoas que podem ou não ter doença cardíaca previamente conhecida.

Interrompa o tratamento com domperidona e contate seu médico imediatamente se você tiver qualquer um dos eventos indesejáveis anteriormente descritos.

Outros efeitos indesejáveis que foram observados durante o tratamento com domperidona estão descritos a seguir:

Efeitos colaterais comuns :

  • Depressão, ansiedade, perda ou diminuição de apetite sexual, dores de cabeça, sonolência, inquietação, diarreia, erupção cutânea, coceira, aumento das mamas, dor ou sensibilidade nas mamas, secreção de leite pelos mamilos ou dificuldade para amamentar, menstruação irregular ou ausência de menstruação, sensação de fraqueza generalizada e boca seca.

Efeitos colaterais incomuns:

  • Reação de hipersensibilidade, urticária, inchaço das mamas, secreção não usual pelos mamilos, agitação, nervosismo, incapacidade urinar e alterações em certos testes laboratoriais.

Se qualquer um desses feitos se tornarem preocupantes ou se você tiver qualquer outro efeito indesejável, consulte seu médico.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Você não deverá usar Motilium se:

  • apresentar sensibilidade a qualquer um de seus componentes;
  • sofrer de prolactinoma, uma doença da hipófise;
  • estiver utilizando certos medicamentos que desaceleram o metabolismo (a quebra) de outros medicamentos no corpo e que também possam afetar o ritmo cardíaco, como:
  • cetoconazol, fluconazol, ou voriconazol, que são usados para tratar infecções fúngicas;
  • os antibióticos eritromicina, claritromicina ou telitromicina;
  • amiodarona, um medicamento para o coração.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Motilium na gravidez e lactação:pequenas quantidades de Motilium podem ser liberadas no leite materno.

Não se recomenda o uso do Motilium durante a gravidez e amamentação.

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.

Informar ao médico se está amamentando.

Para crianças com peso inferior a 35 kg, utilize a suspensão oral (forma líquida).

Antes de tomar Motilium, você deverá informar ao seu médico se:

Tem alguma doença no fígado,- tem alguma doença nos rins. Se você tomar Motilium durante um longo período, seu médico pode querer ajustar a dose.

Tem ou teve alguma doença no coração, incluindo insuficiência cardíaca, ataque cardíaco anterior, angina (dores no peito), ou distúrbios do ritmo cardíaco, incluindo batimento rápido ou lento ou irregular.

Se você tomar Motilium por um longo período, a dose deverá ser ajustada.

Os comprimidos contém lactose e podem não ser adequados para pessoas com:

Intolerância à lactose (incapacidade de digerir a lactose que é um açúcar encontrado no leite e seus derivados).

Galactosemia ou má absorção da glicose e da galactose (incapacidade de digerir carboidratos e açúcares encontrados em muitos alimentos incluindo amido, leite e seus derivados).

A suspensão oral contém sorbitol e pode não ser adequada para pessoas com intolerância ao sorbitol e intolerância hereditária à frutose (incapacidade de tolerar a frutose que pode ser hereditária; frutose é um açúcar encontrado em frutas e suco de frutas).

Nas crianças podem ocorrer movimentos descontrolados como movimento irregular dos olhos, postura anormal como torção do pescoço, tremor e rigidez muscular em crianças, mas desaparecem quando Motilium é descontinuado.

Não há informação que sugira que Motilium afete a capacidade de dirigir veículos ou utilizar máquinas.

É recomendado o uso de Motilium antes das refeições. Se ele for tomado após as refeições, a absorção do medicamento será retardada.

Interações Medicamentosas

Informe o seu médico se você estiver utilizando algum medicamento que retarde a atividade do estômago e do intestino (ex.: anticolinérgicos), pois eles interferem na ação de Motilium.

Informe seu médico se você estiver tomando algum (s) medicamento (s) para a acidez estomacal. Estes medicamentos podem ser usados se você também estiver tomando Motilium, mas eles não devem ser ingeridos ao mesmo tempo.

Você deve tomar Motilium comprimidos ou suspensão oral antes das refeições e alguns medicamentos para o estômago, como aqueles que contem hidróxido de alumínio e/ou hidróxido de magnésio, podem ser tomados após as refeições.

Informe seu médico se você estiver tomando:

  • Certos medicamentos chamados azólicos, que são indicados para infecções por fungos.
  • Exemplos de azólicos são o itraconazol, miconazol, fluconazol, cetoconazol e voriconazol.
  • Certos antibióticos chamados macrolídeos, tais como a eritromicina, claritromicina ou troleandomicina.
  • Certas drogas anti-AIDS como amprenavir, atazanavir, fosamprenavir, indinavir, nelfinavir, ritonavir e saquinavir.
  • O antidepressivo nefazodona.
  • Diltiazem ou verapamil
  • Amiodarona.
  • Aprepitanto, um medicamento utilizado para reduzir a náusea associada à quimioterapia.
  • Telitromicina.

Seu médico decidirá se estas drogas poderão ser administradas concomitantemente ao Motilium ou se alguma medida de precaução deverá ser tomada.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Se você ingeriu uma grande quantidade de Motilium você poderá apresentar agitação, alterações no estado de consciência ou transe, convulsões, estado confusional, sonolência, movimentos descontrolados como movimento irregular dos olhos, ou postura anormal como torção do pescoço.

Você deve procurar atendimento médico imediatamente, especialmente se quem tomou uma superdose do medicamento foi uma criança.

Composição

Motilium Comprimidos

Cada comprimido contém:

domperidona…………………………………………………………………… 10 mg

Excipientes: amido, amido pregelatinizado, celulose microcristalina, estearato de magnésio, lactose, laurilsulfato de sódio, óleo vegetal hidrogenado e povidona.

Motilium Suspensão oral

Cada mL de suspensão oral contém:

domperidona…………………………………………………………………..… 1 mg

Excipientes: água purificada, carmelose sódica, celulose microcristalina, metilparabeno, polissorbato 20, propilparabeno, sacarina sódica e sorbitol solução.

Apresentação:

  • Motilium Comprimidos: embalagem contendo 20, 30, 60 ou 90 comprimidos.
  • Motilium Suspensão oral: frascos contendo 60, 100 e 200 mL.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Conservar Motilium comprimidos em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC).

Proteger da luz e umidade.

Conservar Motilium suspensão em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C).

Proteger da luz.

O prazo de validade de Motilium comprimidos é 5 anos e de Motilium suspensão oral é 3 anos.

Laboratório

Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda.

Telefone: 0800 - 701185

Dizeres Legais

MS - 1.1236.0022
Farm. Resp.: Marcos R. Pereira – CRF-SP n° 12.304

publicidade