Mionevrix

publicidade

Bula do remédio Mionevrix. Classe terapêutica dos Analgésicos e Miorrelaxantes. Princípios Ativos Piridoxina, Tiamina (Vitamina B1), Vitamina B12 e Carisoprodol.

Indicação

Para que serve Mionevrix?

Miorrelaxante, antineurítico e antiálgico:

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula, miastenia gravis, discrasias sangüíneas e porfiria aguda intermitente. O produto não deve ser utilizado no período da gestação e lactação por razões de ordem médica.

Posologia

Como usar Mionevrix?

1 comprimido, 4 vezes ao dia. Esta dose pode ser aumentada até 2 comprimidos, 4 vezes ao dia, segundo a necessidade do caso e sob orientação médica. Nos casos agudos o tratamento deverá ser de 24 a 48 horas. Nos casos subagudos de 7 a 10 dias ou mais, segundo critério médico.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Mionevrix é geralmente bem tolerado. Os sintomas relacionados ao trato gastrintestinal são os mais comuns, mas na maioria dos casos, não interferem no curso do tratamento. Estas reações adversas incluem náuseas, vômitos, aumento da motilidade intestinal, solucos. Têm sido relatados outros sintomas, tais como, sonolência, ataxia, tremor, irritabilidade, cefaléia, inquietação ou insônia, taquicardia, hipotensão postural e rubor facial; idiossincrasias: eritema multiforme, prurido, urticária, eosinofilia, febre, angioedema, reações anafiláticas, diplopia, midríase, euforia, desorientação.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Deve ser usado com cautela em pacientes com danos hepáticos ou renais ou com história de úlcera gástrica. O uso de pirazolônicos, inclusive a dipirona pode ocasionar efeitos indesejáveis que vão desde simples alergia até depressão da granulocitopoiese e agranulocitose. Por este motivo, nos casos de tratamentos prolongados, os parâmetros hematológicos devem ser controlados periodicamente. Por não estar estabelecida a segurança do emprego do carisoprodol em crianças, não se recomenda o uso de Mionevrix em crianças com menos de 12 anos. É recomendável que os pacientes durante o tratamento com Mionevrix abstenham-se de dirigir carros, motos e outros veículos, assim como operar máquinas perigosas, pois o carisoprodol pode interferir com essas capacidades. Interações medicamentosas: o cloridrato de piridoxina reduz o efeito da levodopa isolada. Isso não ocorre se a levodopa estiver associada a inibidores da descarboxilase.

Composição

Cada comprimido contém: cloridrato depiridoxina 100 mg; cloridrato de tiamina 50 mg; cianocobalamina 1000 mcg; dipirona sódica 250 mg; carisoprodol 250 mg.

Apresentação

Comprimidos revestidos em blister de 20.

Laboratório

Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.

SAC: 0800 701 6900

publicidade