Metronidazol

publicidade

Bula do remédio genérico Metronidazol. Classe terapêutica dos Antibacterianos e Antiparasitários. Princípios Ativos Metronidazol.

Indicação

Para que serve Metronidazol?

Metronidazol creme está indicado no tratamento de tricomoníase.

Uso adulto - Uso ginecológico

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Metronidazol creme não deve ser usado em pacientes com alergia anterior ao metronidazol ou outro derivado imidazólico e aos demais componentes do produto.

Metronidazol é contraindicado na faixa etária pediátrica.

Posologia

Como usar Metronidazol?

Fazer uma aplicação de Metronidazol creme de preferência à noite, ao deitar-se, durante 10 a 20 dias.

Cada aplicação (5 gramas de creme) contém 500 mg de metronidazol.

Modo de aplicação:

  1. Remover a tampa da bisnaga e rosqueá-la no aplicador (calibrado para 5 gramas).
  2. Pressionar a base da bisnaga até encher completamente o aplicador, excedendo apenas um pouco na ponta, para facilitar a aplicação.
  3. Retirar a bisnaga e fechá-la novamente.
  4. Introduzir o aplicador profundamente na cavidade vaginal e empurrar o êmbolo até esvaziar completamente o aplicador. Para facilitar a aplicação, recomenda-se que a paciente esteja deitada, com as pernas elevadas.

Para as apresentações contendo aplicadores ginecológicos descartáveis, após a utilização o aplicador deve ser descartado.

Para as apresentações contendo aplicadores ginecológicos laváveis, após a aplicação, lavar o aplicador com água e sabão; entretanto, não se deve fervê-lo.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

O metronidazol creme é geralmente bem tolerado.

Nas doses usuais, podem ser observadas náusea, gosto metálico, vômito, anorexia, diarreia, urticária, pruridos, sensação de boca seca, cefaleia, vertigens.

Também pode ser observada coloração escura da urina devido a um metabólito do metronidazol.

Raramente podem ocorrer reações anafiláticas.

Durante uma terapia intensiva e prolongada, foram relatados poucos casos de uma neutropenia sensorial-periférica, que desapareceu com a suspensão do tratamento ou com a diminuição da posologia.

Pode ocorrer também uma leucopenia, a qual regride com a suspensão do tratamento.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Durante a administração de metronidazol não se deve fazer uso de dissulfiram, álcool, terapia anticoagulante oral, lítio, ciclosporina, fenitoína, fenobarbital e 5-fluorouracil.

O metronidazol deve ser administrado com cautela em pacientes com doenças no sistema nervoso central e periférico e em pacientes com encefalopatia hepática.

Metronidazol na gravidez: o seu uso durante o primeiro trimestre da gravidez e no período de aleitamento deve ser evitado, a não ser que seu uso seja considerado como essencial.

O metronidazol não deve ser utilizado durante a amamentação.

Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando antes do início ou durante o tratamento.

Interações Medicamentosas

  • O metronidazol associado com álcool: produz reações do tipo dissulfiram incluindo rubor, cefaleia, náusea e vômito, dores abdominais e sudorese. Os pacientes devem ser advertidos dessa possibilidade e aconselhados a não ingerirem álcool. Estas reações são imprevisíveis e relativamente incomuns. Este efeito ocorre porque há inibição do álcool desidrogenase e outras enzimas que oxidam o álcool.
  • Metronidazol associado com anticoagulantes orais: observa-se aumento dos efeitos anticoagulantes. É importante evitar o uso concomitante destes medicamentos.
  • Metronidazol associado com azatioprina, fluoracil: ocorrem neutropenias transitórias em pacientes recebendo metronidazol oral ou IV em conjunto com fluoracil IV. A literatura relata também um caso entre o metronidazol oral e azatioprina.
  • Metronidazol associado com bloqueadores neuromusculares: verifica-se prolongamento da duração do bloqueio neuromuscular ou recurarização principalmente no pós-operatório; deve ser feito uso com cautela.
  • Metronidazol associado com ceftazidina: estudos in vitro indicam que a combinação de ceftazidina e metronidazol é, no mínimo, parcialmente sinergística para Bacteroides fragilis. Metronidazol associado com cimetdina: ocorre aumento das taxas plasmáticas de metronidazol.
  • Metronidazol associado com dissulfiram: alguns indivíduos que recebem esta associação podem apresentar psicoses agudas e confusão mental; deve-se evitar o uso concomitante.
  • Metronidazol associado com fenobarbital: provoca diminuição da meia-vida sérica do metronidazol, possivelmente por aumento do metabolismo.
  • Metronidazol associado com outros anti-infecciosos: ocorre sinergismo entre metronidazol e espiramicina ou clindamicina para Bacteroides e Clostridium.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Os sintomas de superdosagem incluem náusea, vômito e ataxia.

Como não há antídoto específico o tratamento deve ser de suporte.

Composição

Cada g de creme vaginal contém:

metronidazol............................................................................................................100 mg
excipiente q.s.p.........................................................................................................................1 g

Excipientes: carboximetilcelulose, propilenoglicol, propilparabeno, metilparabeno, fosfato de sódio monobásico e água purificada.

Apresentação:

  • 1 bisnaga de 50 g + 1 aplicador ginecológico lavável;
  • 50 bisnagas de 50 g + 50 aplicadores ginecológicos laváveis;
  • 1 bisnaga de 50 g + 10 aplicadores ginecológicos descartáveis;
  • 50 bisnagas de 50 g + 500 aplicadores ginecológicos descartáveis.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Armazenar na sua embalagem original, em temperatura ambiente (entre 15 e 30 ºC), em lugar seco e ao abrigo da luz.

Nestas condições o prazo de validade é de 2 anos a contar da data de fabricação.

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

O metronidazol creme é usado no tratamento de infecções causadas por micro-organismos sensíveis ao metronidazol.

Seus efeitos clínicos iniciam-se, geralmente, após o primeiro dia de tratamento.

Laboratório

Prati, Donaduzzi & Cia Ltda.

Tel.: +55 45 2103-1166

Dizeres Legais

Reg. no M.S. 12568.0043
Farmacêutico Responsável: Dr. Luiz Donaduzzi CRF-PR 5842

publicidade