Levofloxacino

Bula de Levofloxacino

Bula do remédio genérico Levofloxacino. Classe terapêutica dos Antibióticos. Princípios Ativos Levofloxacino.

publicidade

Indicação

Para quê serve Levofloxacino?

Levofloxacino é indicado no tratamento de infecções bacterianas causadas por agentes sensíveis ao levofloxacino, tais como:

Infecções do trato respiratório superior e inferior, incluindo sinusite, exacerbações agudas de bronquite crônica e pneumonia; Infecções da pele e tecido subcutâneo, tais como: impetigo, abcessos, furunculose, celulite e erisipela; Infecções do trato urinário, incluindo pielonefrite e Osteomielite.

Uso adulto - Uso oral e injetável

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

O mecanismo de ação do levofloxacino envolve a inibição do complexo DNA-girase, uma enzima necessária à replicação, transcrição, restauração e recombinação do DNA.

Posologia

Como usar Levofloxacino?

Levofloxacino podem ser administrados 1 ou 2 vezes ao dia. A dose depende do tipo e severidade da infecção e da sensibilidade do patógeno.

A duração do tratamento varia de acordo com o resultado clínico, com o período máximo de duração de 14 dias.

Assim como para outros antibióticos, o tratamento com levofloxacino deve ser continuado por um período mínimo de 48 a 72 horas após a febre ceder e quando há evidência de erradicação do patógeno.

Pode-se modificar o tratamento, de intravenoso inicial para tratamento por via oral após alguns dias, de acordo com as condições do paciente.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Informe a seu médico o aparecimento de efeitos colaterais, como por exemplo: diarreia, náusea e vaginite.

Também podem ocorrer, embora com menos frequência: flatulência, dor abdominal, erupção da pele e coceira, dispepsia, insônia e tontura.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Levofloxacino é contraindicado em caso de hipersensibilidade conhecida ao levofloxacino e demais componentes da formulação.

O uso de levofloxacino é contraindicado em crianças e adolescentes em fase de crescimento.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Levofloxacino na gravidez e lactação: Levofloxacino não deve ser administrado quando houver suspeita ou durante a gravidez e lactação, a não ser que, a critério médico, os benefícios do tratamento esperados para a mãe superem os riscos potenciais para o feto.

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.

Informe ao seu médico se está amamentado.

Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Somente o médico poderá avaliar a eficácia da terapia.

A interrupção do tratamento pode ocasionar a não obtenção dos resultados esperados.

Recomenda-se não ingerir bebidas alcoólicas durante o tratamento com levofloxacino.

As doses recomendadas do medicamento são válidas também para pacientes idosos. Não há necessidade de ajuste das doses, desde que esses pacientes não apresentem doença renal.

Levofloxacino pode provocar tontura ou outros efeitos colaterais neurológicos, que podem afetar sua vigilância ou sua habilidade para dirigir.

Portanto, aconselha-se a não dirigir, operar máquinas ou executar tarefas que possam ser perigosas, caso você não esteja atento, antes de avaliar sua reação ao levofloxacino.

Avise seu médico sobre problemas de saúde ou alergias que você tem ou teve no passado.

Informe também caso você tenha ou já teve problemas no tendão ou caso você utilize medicamentos para convulsão.

Levofloxacino solução injetável só deve ser administrada por infusão intravenosa uma ou duas vezes ao dia; não deve ser administrada por via intramuscular, intra peritoneal ou subcutânea.

Levofloxacino solução injetável é de uso restrito a hospital ou ambulatório especializado e manipulado apenas por pessoal treinado.

Interações Medicamentosas

Informe seu médico, caso você esteja usando antiácidos, polivitamínicos e preparações contendo ferro ou zinco, pois eles podem interferir na absorção do levofloxacino. Caso tais medicamentos sejam necessários, eles deverão ser tomados duas horas antes ou duas horas depois da administração de levofloxacino.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

De acordo com estudos de toxicidade em animais, os sinais mais importantes após a ocorrência de superdosagem com levofloxacino são sintomas no Sistema Nervoso Central como confusão, vertigens, alterações de consciência e convulsões, assim como reações gastrintestinais tais como náuseas e erosões da mucosa.

Na ocorrência de ingestão de dose excessiva de levofloxacino, pode-se considerar o esvaziamento gástrico e proceder o tratamento sintomático. Pode-se utilizar antiácidos para a proteção da mucosa gástrica.

O levofloxacino não é removido através de hemodiálise ou diálise peritoneal de maneira eficiente. Não existe antídoto específico

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Conduta necessária caso haja esquecimento de administração: caso você se esqueça de tomar uma das doses, tome-a assim que possível, no entanto, se estiver próximo do horário da dose seguinte, espere por este horário, respeitando sempre o intervalo determinado pela posologia.

Nunca tome duas doses de uma só vez.

Composição

Levofloxacino 250 mg

Cada comprimido revestido de 250 mg contém:

levofloxacino (na forma hemiidratado)* ................................................................ 250 mg

excipientes q.s.p. ...................................................................................... 1 comprimido

Excipientes: celulose microcristalina, croscarmelose sódica, dióxido de silício, estearato de magnésio, laurilsulfato de sódio, povidona, hipromelose, macrogol, dióxido de titânio rutilo, óxido de ferro amarelo e óxido de ferro vermelho.

Levofloxacino 500 mg

Cada comprimido revestido de 500 mg contém:

levofloxacino (na forma hemiidratada)** ............................................................... 500 mg

excipientes q.s.p. ........................................................................................... 1 comprimido

Excipientes: celulose microcristalina, croscarmelose sódica, dióxido de silício, estearato de magnésio, laurilsulfato de sódio, povidona, hipromelose, macrogol, dióxido de titânio rutilo, óxido de ferro amarelo e óxido de ferro vermelho.

Cada 1 mg de levofloxacino corresponde a 1,0249 mg de levofloxacino hemiidratado.

Levofloxacino Injetável

Cada 1 mL de solução injetável contém:

levofloxacino ....................................................................................................... 5 mg

Apresentação:

  • Levofloxacino 250 mg: Comprimido Revestido, 250 mg. Embalagem contendo 7 comprimidos.
  • Levofloxacino 500 mg. Comprimido Revestido, 500 mg. Embalagens contendo 3 ou 7 ou 10 comprimidos
  • Levofloxacino Solução Injetável 5 mg/mL. Embalagem contendo 6 bolsas plásticas com 100 mL (equivalente a 500 mg de levofloxacino).

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15° a 30°C).

Proteger da luz.

Desde que observados os devidos cuidados de conservação, o prazo de validade de levofloxacino é de 24 meses, contados a partir da data de fabricação impressa em sua embalagem externa.

Laboratório

Eurofarma Laboratórios Ltda.

SAC: 0800-704-3876

Dizeres Legais

Levofloxacino Comprimidos: MS - 1.0043.0887
Levofloxacino Injetável: MS - 1.0043.0783​
Farm. Resp.: Dra. Sônia Albano Badaró CRF-SP 19.258

publicidade