Kava Kava

publicidade

Bula do remédio Kava Kava. Princípios Ativos Extrato seco de Piper methysticum.

Indicação

Para que serve Kava Kava?

Kava kava é indicado para o tratamento da ansiedade, agitação e insônia.

Uso adulto - Uso oral

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

Kava kava favorece a atividade de determinados transmissores químicos cerebrais, os quais lhe conferem propriedade sedativa.

Posologia

Como usar Kava Kava?

Ingerir uma cápsula, via oral, três vezes ao dia, de 8 em 8 horas.

Deve ser administrado com as refeições.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Emagrecimento, aumento da pressão arterial, manchas e lesões na pele, exacerbação do reflexo patelar e raros casos de reações alérgicas e distúrbios gastrointestinais.

No início do tratamento pode aparecer um leve cansaço matinal.

A administração da kava kava pode conduzir a inflamação cutânea caracterizada por pele seca e coberta de escamas (especialmente nas palmas das mãos e nas plantas dos pés).

Mesmo administrada nas dosagens prescritas, este fitoterápico pode afetar adversamente os reflexos motores e o julgamento para conduzir e/ou operar maquinário pesado.

Eventualmente, podem ocorrer movimentos irregulares, espasmódicos e involuntários dos membros, tronco, pescoço e musculatura facial.

Pode ocorrer dilatação da pupila e distúrbios de acomodação da visão.

Houve relatos de casos graves de hepatite, insuficiência hepática e cirrose hepática em pacientes que utilizaram produtos contendo kava kava.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Kava Kava é contra-indicado:

  • Pacientes com comprometimento hepático, doença de Parkinson e psicose.
  • Em casos de depressão, principalmente depressão endógena, devido à possibilidade de aumento do risco de suicídio nestes pacientes.
  • Hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da fórmula.

Este medicamento é contraindicado para uso por crianças.

Kava Kava na gravidez e lactação: este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

Este medicamento é contraindicado para mulheres amamentando.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Durante o tratamento, o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

Uma coloração levemente amarelada da pele, dos cabelos e das unhas, que é reversível, tem sido associada ao uso prolongado de kava kava. Neste caso, a administração deve ser descontinuada.

Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

Não utilizar por mais de três meses sem supervisão médica.

Interações Medicamentosas

  • Deve-se evitar o consumo de álcool durante o tratamento, pois o mesmo pode aumentar a toxicidade da kava kava.
  • A kava kava pode potencializar a atividade de substâncias que atuam no sistema nervoso central, como fenobarbital, tiopental, pentobarbital e demais barbitúricos, bem como fenelzina, tranilcipromina, isocarboxazida, moclobemida e outros inibidores da monoamino oxidase. Não associar a benzodiazepínicos como alprazolam, lorazepam, flurazepam, niltrazepam, outras drogas sedativas, hipnóticas, antidepressivas e/ou anti-histamínicas, como prometazina, clorfeniramina e clorferiramina.
  • Pacientes com doença de Parkinson que utilizam levodopa devem evitar o uso deste fitoterápico.
  • A administração de kava kava pode causar redução dos níveis das proteínas plasmáticas, ureia, bilirrubina e plaquetopenia.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

A superdosagem pode resultar em desordens do movimento, atenção perturbada, cansaço e sonolência. Em animais de laboratório, doses elevadas provocaram perda da coordenação muscular e paralisia ascendente (perda da capacidade de movimento voluntário), sem perda da consciência. Em doses maiores, pode provocar a morte por colapso respiratório (diminuição ou inibição súbita da função respiratória).

O uso prolongado de altas doses pode provocar irritação nos olhos, perda de peso e erupção cutânea escamosa (sugestiva de ictiose).

O consumo de doses extremamente elevadas de kava kava por indivíduos que relataram grande consumo de álcool e cigarro, causou reações adversas que incluem anormalidades bioquímicas (baixos níveis séricos de albumina, proteína, ureia e bilirrubina), presença de sangue na urina, aumento do volume de células vermelhas, diminuição das plaquetas e contagem de linfócitos, e encurtamento da respiração.

Recomenda-se tratamento sintomático e controle das funções vitais.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retomar a posologia prescrita sem a necessidade de suplementação.

Composição

Cada cápsula contém:

Extrato seco de Piper methysticum........................................................................75 mg*

Excipiente q.s.p.................................................................................................... 1 cápsula
(Amido) *equivalente a 22,5 mg de kavapironas.

Apresentação: Cápsulas gelatinosas duras – Extrato seco do rizoma de Piper methysticum 75 mg - Embalagem com 3 blísters contendo 15 cápsulas cada.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Kava kava deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC) em sua embalagem original. Proteger da luz e da umidade.

Prazo de validade 24 meses após a data de fabricação impressa no cartucho.

Guarde-o em sua embalagem original.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Aspecto físico: Cápsulas gelatinosas duras de cor creme.

Laboratório

Herbarium Laboratório Botâncio Ltda.

SAC: 0800 723 8383

Dizeres Legais

MS: 1.1860.0033
Farm. resp.: Dra. Anny M. Trentini CRF-PR nº 4081

publicidade