Hemogenin

Bula do remédio Hemogenin. Classe terapêutica dos Hormônios. Princípios Ativos Oximetalona.

publicidade

Indicação

Para que serve?

Hemogenin está indicada no tratamento de anemias causadas pela produção deficiente de eritrócitos.

A anemia aplástica adquirida, a anemia aplástica congênita, a mielofibrose e as anemias hipoplásticas devidas à administração de substâncias mielotóxicas, muitas vezes respondem ao tratamento.

A administração de oximetolona não deve excluir outras medidas de suporte tais como transfusões de sangue, correção do ferro, do ácido fólico, da vitamina B12 e da piridoxina, terapia antibacteriana e o uso apropriado de corticosteroides.

Uso oral

Farmacocinética

Como funciona?

A oximetolona,uma potente droga anabolizante e androgênica, acentua a produção e excreção urinária de eritropoetina em pacientes com anemias devidas à deficiência da medula óssea e, muitas vezes, estimula a eritropoiese e em anemias devidas à deficiente produção de eritrócitos.

Posologia

Como usar?

A dose recomendada em crianças e adultos é de 1 a 5 mg/kg do peso corporal por dia. a dose usualmente eficaz é de 1 a 2 mg/kg/dia, mas doses mais altas podem ser necessárias e a dosagem deve ser individualizada. a resposta nem sempre é imediata e uma prova terapêutica mínima de 3 a 6 meses deve ser feita.

Seguindo-se a remissão, alguns pacientes podem ser mantidos sem a droga e outros podem ser mantidos a uma dose diária estabelecida mais baixa. uma terapia contínua é geralmente necessária em pacientes com anemia aplástica congênita.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

A hepatotoxicidade é o efeito colateral mais grave associada à terapia com esteróides anabolizantes.

O aumento reversível na retenção da bromossulfaleína pode ocorrer precocemente e parece estar diretamente relacionado à dose.

O aumento da bilirrubina sérica, com ou sem aumento da fosfatase alcalina e transaminases (TGO e TGP), indicam um maior grau da disfunção excretora.Icterícia clínica, que é reversível quando a droga é descontinuada, pode ocorrer.

O quadro histológico é o de uma colestase intra-hepática, com pouca ou nenhuma lesão celular. A terapia continuada pode estar associada a coma hepático e morte.

A virilização é o efeito indesejável mais comum associado à terapia com esteróides anabolizantes. Pode ocorrer acne frequentemente em todas as faixas etárias.

Jovens pré-púberes do sexo masculino: os primeiros sinais de virilização em jovens pré-púberes do sexo masculino são um alargamento do pênis e aumento da frequência das ereções. Hirsutismo e aumento da pigmentação da pele pode também ocorrer.

Jovens pós-púberes do sexo masculino: inibição da função testicular com oligospermia, diminuição do volume seminal, alteração de libido e impotência podem ocorrer com prolongada ou intensiva terapia anabólica.

Ginecomastia à atrofia testicular pode ocorrer. Priapismo crônico, padrões masculinos de perda de cabelo, epididimite e irritabilidade da bexiga têm sido relatados.

Em mulheres: hirsutismo, espessamento ou aprofundamento da voz, aumento do clítoris, alteração da libido e irregularidades menstruais a padrões masculinos de calvície pode ocorrer. Alteração da voz e o aumento do clítoris usualmente são irreversíveis mesmo após a imediata descontinuação da terapia.

O uso de estrógenos em combinação com andrógenos não previnem a virilização em mulheres.

Outros efeitos colaterais associadas à terapia anabólico-androgênica incluem: câimbras, náuseas, excitação e insônia, calafrios, sangramento em pacientes em terapia anticoagulante concomitante, fechamento prematuro da epífise em crianças, vômitos, diarreia.

Alterações nos seguintes testes clínico-laboratoriais: FBS e teste da tolerância à glicose.

Testes da função tireoidiana: um decréscimo do PBI, na capacidade de conjugação da tiroxina à fixação do iodo radioativo, e pode ocorrer um aumento da fixação do T3 pelos eritrócitos ou resina.

A tiroxina livre é normal. Os testes alterados usualmente persistem por duas a três semanas após interrupção da terapia anabólica.

Eletrólitos: retenção do sódio, cloretos, água, potássio, fosfatos e cálcio.

Supressão dos fatores de coagulação II, V, VII e X. Aumento da creatina e excreção da creatinina perdurando por até duas semanas após a descontinuação da terapia.

Redução da excreção dos 17-cetosteróides.

Têm havido raros relatos de neoplasias hepatocelulares à "peliosis hepatis" associados à terapia prolongada com esteróides andrógenos-anabolizantes.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Antes da instituição da terapia, o médico deve pesar os riscos envolvidos frente às necessidades do paciente, uma vez que os agentes anabolizantes são geralmente contra-indicados nas seguintes situações:

  • Carcinoma da próstata ou da mama em pacientes do sexo masculino.
  • Carcinoma da mama em pacientes do sexo feminino com hipercalcemia; os esteróides anabólicos androgênicos podem estimular reabsorção osteolítica dos ossos.
  • Nefrose ou fase nefrótica da nefrite.
  • Hipersensibilidade.
  • Insuficiência hepática severa.

Hemogenin na gravidez: a oximetolona pode ser nociva ao feto, quando administrada a mulheres grávidas. Por isso, está contra-indicado em mulheres grávidas ou que venham a engravidar.

Se a paciente engravidar durante a administração da droga, ela deve ser informada do perigo potencial ao feto.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Devido aos seus graves efeitos colaterais, os esteróides anabolizantes não devem ser usados para estimular as condições atléticas.

Em pacientes com câncer da mama, a terapia androgênica pode causar hipercalcemia por estimulação da osteólise. Neste caso a droga deve ser descontinuada.

Composição

Cada comprimido contém:

Oximetolona ................................................................................. 50 mg

Excipientes q.s.p. ................................................................ 1 comprimido
(amido de milho, estearato de magnésio, lactose, polivinilpirrolidona e metanol).

Apresentação:

Comprimidos. cartuchos com 10 comprimidos, em blisters de 10.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar?

Hemogenin deve ser sempre conservados em local fresco e seco, em condições de higiene, mantendo seus rótulos de maneira visível e legível para fácil identificação no momento de usar.

Laboratório

Sanofi-Aventis

Sanofi - Aventis Farmacêutica Ltda.: - SAC 0800 703 0014

publicidade