Gynopac comprimido

publicidade

Bula do remédio Gynopac comprimido. Classe terapêutica dos Anti-fúngico. Princípios Ativos tioconazol + tinidazol e secnidazol.

Indicação

Para que serve Gynopac comprimido?

Gynopac® é indicado no tratamento das infecções vulvares e vaginais causadas por Candida, Trichomonas e Gardnerella, isoladas ou mistas.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

-Primeiro trimestre da gravidez.
-Durante a amamentação, especialmente imediatamente após o parto. O tinidazol é excretado no leite materno e pode estar presente por mais de 72 horas após a administração. Não utilize Gynopac ® durante a amamentação sem orientação médica. A amamentação é contraindicada durante e por pelo menos três dias após a suspensão ou término do tratamento.

-Hipersensibilidade a outros derivados imidazólicos (ex.: cetoconazol, fluconazol, etc) e a qualquer componente da fórmula.

Posologia

Como usar Gynopac comprimido?

Comprimido
Tomar de uma só vez os dois comprimidos de 1000 mg (2 g) de secnidazol. Quando indicado pelo médico, após avaliação do casal, a mesma dosagem deve ser administrada ao cônjuge.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Ocorrem raras vezes e são moderadas e transitórias.
• Reações nos local de aplicação: irritação , dor, prurido (coceira), eritema (vermelhidão), edema (inchaço), sensação de queimação local, reações alérgicas locais, rash eritematoso.

• Sangramento vaginal, distúrbios vaginais como dor, vermelhidão, corrimento, queimação vulvovaginal e dor vulvar.
• Queimação (ardência) ao urinar.

• Edema (inchaço) dos membros inferiores.
• Efeitos colaterais gastrointestinais, distúrbios neurológicos e leucopenia transitória (diminuição temporária dos glóbulos brancos do sangue) podem ocorrer em caso de absorção sistêmica do tioconazol e do tinidazol.

Reações adversas devido a absorção sistêmica do tioconazol como dor decabeça, cansaço, língua pilosa, urina escura, reações de hipersensibilidade na forma de erupção cutânea, prurido, urticária e edema angioneurótico (inchaço não inflamatório da pele, mucosas, vísceras e cérebro, de início súbito e com duração de horas a dias, acompanhado de sintomas como febre) são raramente observadas.

• Pode ocorrer sensação de gosto metálico na boca, náuseas, vômitos, dores
abdominais, aftas, urticárias e erupções na pele.

• Raramente pode ocorrer ardência na face, dificuldade respiratória, náuseas, vômito, transpiração, queda de pressão, vertigem e visão borrada quando o tinidazol é administrado concomitantemente com bebidas alcoólicas.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

• Não é aconselhável o uso de Gynopac® nos dois últimos trimestres de gravidez. O uso durante o segundo e o terceiro trimestre de gravidez
requerem avaliação médica. Somente o médico poderá comparar o potencial benefício e os riscos da utilização de Gynopac ® nestas condições.

• O uso do produto, como outras drogas de estrutura semelhante a do tinidazol, não é recomendado em pacientes com quadro atual ou
antecedente de distúrbios da coagulação do sangue e em pacientes com distúrbios neurológicos orgânicos.• É aconselhável usar roupas íntimas limpas, preferencialmente peças de algodão.

• Utilizar medidas higiênicas para controlar as fontes de infecção ou de reinfecção.

• Lave as mãos com sabonete e água antes e após usar o medicamento.

• O creme vaginal deve ser aplicado profundamente na vagina, de preferência fora do período menstrual.

Precauções
• O uso de bebidas alcoólicas ou de medicamentos que contenham álcool (fortificante e elixires) deve ser evitado durante o tratamento e até quatro
dias após seu término.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de superdosagem, procurar o seu médico para que sejam tomadas as
medidas necessárias.

Composição

Cada comprimido revestido contém:
secnidazol ....................................................................................................1000 mg
excipientes q.s.p....................................................................................1 comprimido
(polivinilpirrolidona, amido glicolato de sódio, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio e Polycoat Clear)

Apresentação

Comprimido revestido - Embalagem contendo cartela com 2 ou 4 comprimidos de secnidazol .

Interações Medicamentosas

• O secnidazol potencializa o efeito anticoagulante da varfarina ou indandiona.

• O uso simultâneo com o dissulfiram pode resultar em reação psicótica aguda ou estado de confusão causados por toxicidade combinada.

• A cimetidina pode inibir o metabolismo dos nitroimidazólicos, aumentando os efeitos adversos dependentes de dose.

• O uso concomitante com o lítio pode aumentar as concentrações de lítio no sangue e em alguns casos levar a toxicidade.

• A ingestão de bebida alcoólica durante o tratamento pode causar efeitos desagradáveis (Ver Reações adversas).

Laboratório

FARMOQUÍMICA S/A
Rua Viúva Cláudio, 300
Rio de Janeiro - RJ.

CNPJ: 33.349.473/0003-10
INDÚSTRIA BRASILEIRA

publicidade