Gyno Iruxol

publicidade

Bula do remédio Gyno Iruxol. Classe terapêutica dos Antibióticos Tópicos Ginecológicos. Princípios Ativos Cloranfenicol, Colagenase e Peptidase.

Indicação

Para que serve Gyno Iruxol?

Gyno Iruxol está indicado na eliminação de tecidos necrosados e restos de tecidos após a cauterização e intervenção no colo do útero, cervicites erosivas, vaginites ulcerativas, vaginites, cervicites pós-parto, episiorrafias e colpoperineorrafias.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Gyno Iruxol não deve ser utilizado nos períodos de gravidez e lactação.

Posologia

Como usar Gyno Iruxol?

A)Pomada:
1. Cervicite e vaginite:
Introduza na vagina, todas as noites ao deitar, aproximadamente 5g de pomada. o tratamento deverá continuar até acabar o conteúdo de uma ou duas bisnagas de 30 g (cerca de 6 a 12 aplicações).

2. Cervicite e vaginite graves:
O tratamento deve ser iniciado por ocasião da primeira consulta da paciente ao médico, pela aplicação intravaginal do conteúdo de toda a bisnaga, tamponando-se depois o canal vaginal. O tamponamento deve ser retirado no dia seguinte. Outras aplicações podem ser necessárias a critério do médico.

Instruções para uso do aplicador:
1. Retire a tampa da bisnaga. Perfure o selo com o estilete da tampa;
2. Encaixe o aplicador fechado na bisnaga;
3. Mantendo o conjunto em posição vertical, aperte a base da bisnaga até que o êmbolo tenha saído completamente;
4. Destaque o aplicador e feche novamente a bisnaga
5. Introduza o aplicador na vagina o mais profundamente possível e pressione o êmbolo para dentro até o completo esvaziamento.

Lavagem do aplicador:
Desencaixe, lave com água morna e sabão, usando uma esponja reservada para este fim. Enxágüe com álcool, enxugue com um pano limpo e remonte.

b)Óvulo:
1 óvulo por dia, de preferência ao deitar, introduzido profundamente na vagina. O período de uso variará de acordo com cada caso clínico e com a orientação médica; em média, o produto deve ser utilizado por um período de 12 dias.

NOTA: Esta posologia pode ser modificada a critério médico.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Ardência, dor, irritação e reações de hipersensibilidade ao Cloranfenicol são passíveis de ocorrer com o uso do produto.

Discrasias sangüíneas, incluindo anemia aplástica, podem ocorrer com o uso de Cloranfenicol tópico, sendo porém, muito raras.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

A fim de evitar a possibilidade de reinfecção, deve-se observar rigorosa higiene pessoal durante a utilização do produto.

O uso prolongado de antibiótico pode ocasionalmente, resultar no desenvolvimento de microorganismos não susceptíveis, inclusive fungos. Caso isso ocorra, deve-se descontinuar o tratamento e tomar as medidas adequadas.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de superdosagem, o médico deve ser imediatamente comunicado, de modo a instituir a terapêutica adequada.

Composição

Pomada : Cada g de pomada contém:
Colagenase....................0,6 UI
Clorafenicol....................0,01 g
Óvulo - Cada óvulo contém:
Colagenase....................0,3 UI
Clorafenicol....................0,05 g

Interações Medicamentosas

O emprego adicional de outros preparos de aplicação tópica pode diminuir a eficácia terapêutica do produto.

Laboratório

Knoll Prods. Químs. e Farms. Ltda.

publicidade