Giardicid Suspensão

publicidade

Bula do remédio Giardicid Suspensão. Classe terapêutica dos Antibacterianos e Antiprotozoários. Princípios Ativos Metronidazol e Sulfadimetoxina.

Indicação

Para que serve Giardicid Suspensão?

Giardicid Suspensão é indicado para caninos e felinos, no tratamento: da giardíase causada por Giardia spp.; da coccidiose causada por Isospora canis e Isospora ohioensis; da trichomoníase causada por Trichomonas spp.; da amebíase causada por Entamoeba histolityca.

Giardicid Suspensão também é indicado para infecções entéricas causadas por microrganismos sensíveis à sulfadimetoxina e ao metronidazol, tais como: Bacteroides spp.; Fusobacterium spp. e clostridioses causadas por Clostridium spp..

Uso Veterinário

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

O produto é contra-indicado em animais sabidamente hipersensíveis ao metronidazol, à derivados do nitroimidazol ou às sulfonamidas.

Recomenda-se não utilizar a droga em animais severamente debilitados, em gestação, em lactação ou recém-nascidos.

Posologia

Como usar Giardicid Suspensão?

Em caninos:

Administrar por via oral, 0,5 mL da suspensão para cada kg de peso corporal, de 12 em 12 horas, ou seja 50 mg de metronidazol e 50 mg de sulfadimetoxina por kg de peso, por dia, durante 5 dias. As doses bem como a duração do tratamento poderão ser alterados a critério do Médico Veterinário.

Em felinos:

Administrar por via oral, 0,5 mL a 1 mL da suspensão para cada 2 kg de peso corporal de 12 em 12 horas, ou seja, 25 mg a 50 mg de metronidazol e 25 mg a 50 mg de sulfadimetoxina por kg de peso, por dia, durante 5 dias. As doses bem como a duração do tratamento poderão ser alterados acritério do Médico Veterinário.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos adversos descritos em cães que receberam superdosagens ou em cães hipersensíveis ao metronidazol incluem: desordens neurológicas, letargia, fraqueza, neutropenia, hepatotoxicidade, hematúria, anorexia, náuseas, vômitos e diarréia.

A sulfadimetoxina é uma droga segura, porém em caso de tratamento prolongado ou sobredosagem (cerca de 1 g/kg) poderão ocorrer sialorréia, vômitos, diarréia, hiperpnéia, excitação, miastenia, ataxia e rigidez espástica dos membros.

Em casos de intoxicação crônica podem ser observados distúrbios do sistema hematopoiético e agranulocitose transitória.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Deixar sempre água fresca à disposição dos animais tratados.

Não tratar animais com hipersensibilidade conhecida aos princípios ativos.

Usar com cautela em animais com disfunção hepática ou renal.

Em alguns animais de laboratório o metronidazol foi referido como teratogênico mas não há informação sobre esse efeito em cães e gatos.

A menos que os riscos aos fetos compensem os benefícios à mãe, deverá ser evitada a utilização durante as 3 primeiras semanas de gestação.

Interações Medicamentosas

O metronidazol pode prolongar o tempo de protrombina em animais recebendo warfarina ou outros anticoagulantes cumarínicos.

Deve ser evitado o uso simultâneo das drogas ou ser intensificado o monitoramento.

O fenobarbital e afenitoína podem aumentar o metabolismo do metronidazol reduzindo os níveis sanguíneos da droga.

A cimetidina pode reduzir o metabolismo do metronidazol e aumentar os níveis sanguíneos da droga.

Composição

Cada 100 mL contém:

Metronidazol ......................................5,0 g;

Sulfadimetoxina .................................5,0 g.

Veículo ..........q.s.p........................ 100 mL.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Conservar em local seco e fresco (entre 15ºC a 30ºC), ao abrigo da luz solar direta, fora do alcance de crianças e animais.

Apresentação: frascos contendo 20 mL, 50mL, 100 mLe 200 mL.

Laboratório

Cepav Pharma Ltda.

Dizeres Legais

Responsável Técnico: Dr. Fábio Alexandre Rigos Alves - CRMV/SP nº 9321.

Licenciado no Ministério da Agricultura sob número7.380 em 05/07/2000.

publicidade