Fenobarbital

Bula de Fenobarbital

Bula do remédio genérico Fenobarbital. Classe terapêutica dos Anticonvulsivantes. Princípios Ativos Fenobarbital.

publicidade

Indicação

Para quê serve Fenobarbital?

Fenobarbital comprimidos é indicado para prevenir o aparecimento de convulsões em indivíduos com epilepsia ou crises convulsivas de outras origens.

Uso adulto - Uso oral

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Fenobarbital está contra-indicado em casos de porfiria aguda, insuficiência respiratória grave, insuficiência hepática ou renal graves e antecedentes de hipersensibilidade aos barbitúricos.

Este medicamento é contra-indicado na faixa pediátrica.

Posologia

Como usar Fenobarbital?

2 a 3 mg/kg/dia em dose única ou fracionada.

A posologia deve ser diminuída em pacientes portadores de insuficiência renal, insuficiência hepática, idosos e nos alcoólatras.

A eficácia do tratamento e a avaliação do ajuste posológico devem ser realizados somente após 15 dias de tratamento. Se clinicamente necessário, os níveis barbitúricos devem ser monitorizados em amostras sanguíneas coletadas preferencialmente pela manhã (geralmente entre 65 e 130µmol/l em adultos, ou seja, 15 a 30mg/l).

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Com o uso de fenobarbital pode ocorrer sonolência, dificuldade para acordar e, às vezes, dificuldade para falar, problemas de coordenação motora e de equilíbrio, vertigem com cefaléia, reações alérgicas de pele, dores articulares, alterações de humor e anemia.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Deve-se reduzir a posologia em indivíduos idosos, alcoólatras e em pacientes com comprometimento da função renal e hepática. Neste último caso, recomenda-se monitorização clínico-laboratorial, pois existe risco de encefalopatia hepática.

Durante o tratamento, o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

Fenobarbital na gravidez e amamentação: as gestantes epiléticas devem procurar um médico especialista assim que houver suspeita de gravidez, para a devida adequação do tratamento. Durante a gestação, o tratamento antiepiléptico eficaz com fenobarbital não deve ser interrompido, exceto sob recomendação médica especializada, levando-se em conta as características individuais da paciente. A administração de fenobarbital durante a amamentação não é recomendada devido à passagem da substância para o leite, com a possibilidade de retardo do crescimento, sedação e dificuldade de sucção que este determina no recém nascido, no período imediatamente após o nascimento.

Não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação, exceto sob orientação médica.

Informe a seu médico ou cirurgião-dentista se ocorrer gravidez ou iniciar amamentação durante o uso deste medicamento.

Interações Medicamentosas

O consumo de bebidas alcoólicas é estritamente proibido durante o tratamento com fenobarbital. Deve-se evitar a ingestão de qualquer quantidade de álcool, até mesmo em medicamentos que o utilizem como excipiente.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando antes do início ou durante o tratamento, principalmente se estiver usando anticoncepcionais hormonais, pois pode ocorrer diminuição da eficácia anticoncepcional; ou se estiver tomando anticoagulantes, outros medicamentos sedativos, digitoxina, disopiramida, hormônios tireoidianos, teofilina, entre outros.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Sintomas na hora seguinte à administração maciça: náusea, vômito, cefaléia, obnubilação, confusão mental e até coma, acompanhado por uma síndrome de características neurovegetativas (bradipnéia irregular, congestão traqueobranquial, hipotensão arterial).

Para o tratamento da superdose de fenobarbital recomenda-se:

  • manutenção da permeabilidade das vias respiratórias, e assistência ventilatória mecânica com oxigenoterapia complementar, se necessário;
  • manutenção da pressão arterial, hidratação e temperatura corporal;
  • monitorização dos sinais vitais, do equilíbrio hidroeletrolítico e ácido-básico;
  • se houver diurese normal deve-se aumentar o débito com alcalinização urinária, se possível;
  • medidas gerais complementares de manutenção da vida.

Composição

Cada comprimido contém 100 mg de fenobarbital.

Excipiente em 1 comprimido: lactose, amido, croscarmelose sódica, talco, estearato de magnésio e água de osmose reversa.

Apresentação: comprimido de 100 mg - embalagens contendo 20, 30, 100 e 200 comprimidos.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

O produto deve ser mantido em sua embalagem original, conservado em temperatura ambiente (15 a 30°C).

Proteger da luz e umidade.

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

O fenobarbital tem mecanismo de ação no sistema nervoso central prevenindo o aparecimento de convulsões em indivíduos com epilepsia ou crises convulsivas de outras origens.

Laboratório

Teuto Brasileiro S.A.

SAC: 0800 621 800

Dizeres Legais

Farm. Resp.: Andreia Cavalcante Silva - CRF-GO nº 2.659o

M.S. n 1.0370.0481

publicidade