Dorflex

Bula do remédio Dorflex. Classe terapêutica dos Analgésicos e Relaxantes musculares. Princípios Ativos Dipirona Sódica, citrato de orfenadrina e Cafeína Anidra.

Indicação

Para que serve?

Dorflex em comprimidos ou solução oral, é indicado para o alivio de dores cabeça tensionais e de dores associadas a contraturas musculares, em adultos.

Além disso, Dorflex também pode ser usado na forma de adesivo, para o tratamento da dor e inflamação localizada.

Posologia

Como usar?

Dorflex comprimidos

  • A dose recomendada para adultos é de 1 a 2 comprimidos, 3 a 4 vezes por dia, nunca excedendo a dose máxima diária de 8 comprimidos.

Os comprimidos devem ser engolidos inteiros, sem partir ou mastigar, com um copo de água e com ou sem alimentos.

Dorflex solução oral

  • A dose recomendada para adultos é de 30 a 60 gotas, 3 a 4 vezes por dia, nunca excedendo a dose máxima diária de 240 gotas.

Dorflex solução oral deve ser utilizado de acordo com as seguintes instruções: começar por colocar o frasco na posição vertical com a tampa para o lado de cima, girando em seguida a tampa de forma a romper o lacre. Para dar inicio ao gotejamento, deve virar o frasco com o conta-gotas para o lado de baixo e bater levemente com o dedo no fundo do frasco.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Dorflex podem incluir​ secura na boca, redução ou aumento do ritmo cardíaco, batimentos irregulares do coração, palpitações, sede, diminuição do suor, dificuldade em urinar, visão embaçada, pupila dilatada, aumento da pressão dentro do olho, fraqueza, enjoo, vômito, dor de cabeça, tontura, prisão de ventre, sonolência, reações de alérgia, coceira, alucinações, agitação, tremor, irritação no estômago com sintomas como dor no estômago e sensação de estômago cheio.

publicidade

Contraindicações

Quando não devo usar?

Dorflex está contraindicado para mulheres grávidas ou amamentando, crianças com menos de 12 anos de idade, pacientes com glaucoma, obstrução pilórica ou duodenal, acalasia no esôfago, úlcera péptica estenosante, hipertrofia prostática ou obstrução do colo da bexiga, a pacientes com miastenia grave, doenças metabólicas como porfiria aguda do fígado intermitente ou deficiência congênita da glicose-6-fosfato-desidrogenase, a pacientes com função da medula óssea insuficiente, doenças do sistema hematopoiético ou com historial de reações alérgicas a analgésicos como salicilatos, paracetamol, diclofenaco, ibuprofeno, indometacina e naproxeno e para pacientes com alergia aos derivados de pirazolonas ou a pirazolidinas ou a outros componentes da fórmula.

Farmacocinética

Como funciona?

Dorflex tem na sua composição 3 compostos, Citrato de Orfenadrina, Dipirona Sódica e Cafeína Anidra, responsáveis pelas suas propriedades analgésicas e relaxantes musculares.

O Citrato de Orfenadrina, é uma droga anticolinérgica com ação central e propriedades anti-histamínicas fracas, é capaz de auxiliar no alívio da dor associada a contraturas musculares de origem traumática ou inflamatória. Por outro lado, a Orfenadrina parece atuar no organismo através das suas propriedades analgésicas, e a sua ação é potencializada pela Dipirona Sódica, um derivado pirazolônico não-narcótico, e pela Cafeína Anidra, ambos presentes na fórmula de Dorflex.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de tomar Dorflex deverá falar com o seu médico ou cirurgião-dentista se estiver grávida ou amamentando, tiver mais de 65 anos, estiver em tratamento com propoxifeno, fenotiazínicos ou antipsicóticos, consumir álcool com frequência, tiver alergia atópica ou asma, taquicardia, arritmias cardíacas, insuficiência coronária ou descompensação cardíaca, tiver deficiência de protrombina, asma analgésica ou intolerância analgésica do tipo urticária-angioedema, tiver asma brônquica, urticária crônica, intolerância ao álcool, intolerância a corantes ou a conservantes e se tiver doença grave das artérias coronarianas ou obstrução relevante dos vasos sanguíneos que irrigam o cérebro ou se estiver a tomar outros medicamentos, principalmente dipirona sódica.

Durante tratamentos prolongados com Dorflex, é recomendada a realização de exames regulares ao sangue que permitam o controle da função do fígado e dos rins. Além disso, durante o tratamento com Dorflex​ deve tomar especial cuidado ao dirigir veículos ou maquinas, pois este medicamento pode prejudicar a capacidade de dirigir.

O tratamento com Dorflex​ nunca deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser rigorosamente respeitados.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Dorflex, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento. Alguns dos efeitos mais comuns que pode sentir após a toma excessiva de Dorflex podem incluir náusea, vômito, dor abdominal, problemas no funcionamento dos rins, tontura, sonolência, coma, convulsões, queda da pressão sanguínea, alterações nos batimentos do coração ou coloração avermelhada na urina causada por excreção de Ácido Rubazônico.

Composição

Dorflex comprimidos por cada comprimido contém:

Citrato de Orfenadrina ___________________________ 35 mg
Dipirona Sódica Monoidratada ____________________ 300 mg
Cafeína Anidra _________________________________ 50 mg
Excipientes ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: amido de milho, amidoglicolato de sódio, talco e estearato de magnésio).

Dorflex solução oral por cada 1 ml de solução oral contém:

Citrato de Orfenadrina ___________________________ 35 mg
Dipirona Sódica Monoidratada ____________________ 300 mg
Cafeína Anidra _________________________________ 50 mg
Veículos ________________________________________ 1 ml

(Veículos: benzoato de sódio, propilenoglicol, bissulfito de sódio anidro, essência de menta e água purificada).

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caso ocorra o esquecimento da administração de uma dose de Dorflex deve tomar a dose esquecida logo que se lembre e ajustar o horário das doses seguintes.

As doses de Dorflex nunca devem ser administradas em dobro ou em horários muito próximos.

Interações Medicamentosas

Dorflex não deve ser administrado em conjunto com alguns medicamentos ou substâncias sem orientação médica, como medicamentos contendo Propoxifeno ou Fenotiazínicos como a Clorpromazina.

Dorflex pode ser usado no tratamento da dengue?

Sim, sob prescrição médica Dorflex pode ser usado no tratamento da dengue, pois tem na sua composição Dipirona Sódica, um composto capaz de aliviar os sintomas de dor e febre provocados pela doença.

Laboratório

Sanofi

- SAC 0800-703 00 14

Outros remédios para a dor além de Dorflex podem ser Alivium, Naproxeno, Cetoprofeno ou Dipirona Sódica.

Dizeres Legais

Registo MS: 1.1300.0183
Farm. Resp.: Antonia A. Oliveira

publicidade