Dexafenicol

Bula de Dexafenicol

Bula do remédio Dexafenicol.

publicidade

Indicação

Para quê serve Dexafenicol?

Nos processos agudos inflamatórios, alérgicos e infecciosos do segmento anterior do olho, quando em presença de germes sensíveis ao cloranfenicol.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Infecções por Herpes simples (ceratite dendrítica), vacínia, varicela e outras doenças virais da córnea e conjuntiva. Afecções micóticas e tuberculosas das estruturas oculares. Glaucoma. Doenças com adelgaçamento da córnea e esclera.

Posologia

Como usar Dexafenicol?

Colírio: instilar 1 a 2 gotas no saco conjuntival, 3 vezes por dia, reduzindo-se gradativamente a dosagem com a melhora da inflamação ocular, conforme orientação do médico. Pomada: aplicar uma pequena quantidade no saco conjuntival inferior, 3 vezes por dia, reduzindo-se gradativamente a dosagem com a melhora da inflamação ocular, conforme orientação médica. Para maior comodidade, o colírio poderá ser utilizado durante o dia, e a pomada à noite, ao deitar-se. A administração deve ser feita sob estrita orientação médica.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

O uso prolongado pode resultar em glaucoma, formação de cataratas ou infecções secundárias por bactérias não sensíveis ou fungos. Discrasias sangüíneas. A pomada oftálmica pode retardar a cicatrização de feridas corneanas.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Em tratamentos prolongados é aconselhável o controle freqüente da pressão intra-ocular e exame biomicroscópico da córnea e cristalino. O produto pode mascarar infecções por microorganismos não sensíveis ao cloranfenicol. Usar com precaução durante a gravidez e no período de amamentação. Em uso prolongado recomenda-se controle do hemograma. Raros casos de hipoplasia medular, inclusive anemia aplástica, foram relatados após o uso de cloranfenicol.

Composição

Colírio: desametasona 1 mg, cloranfenicol 5 mg;veículo q.s.p. 1 ml. Veículo basicamente constituído de ácido bórico, borato de sódio, polissorbato 80, tiomersal e edetato dissódico. Pomada oftálmica: dexametasona 0,5 mg, cloranfenicol 5 mg; excipiente q.s.p. 1 g. Excipiente basicamente constituído de polissorbato 80, vaselina sólida, vaselina líquida, lanolina, edetato dissódico, álcool cetílico, metilparabeno e cera microcristalina.

Apresentação

Colírio: frasco plástico conta-gotas, hermeticamente fechado e estéril, com 5 ml. Pomada oftálmica: bisnaga contendo 3,5 g.

Laboratório

Allergan Produtos Farmacêuticos Ltda.

SAC: 0800-144077

publicidade