Deposteron

publicidade

Bula do remédio Deposteron. Classe terapêutica dos Hormônios sexuais. Princípios Ativos Cipionato de testosterona.

Indicação

Para que serve Deposteron?

Deposteron é indicado para reposição de testosterona em homens que apresentem hipogonadismo primário ou adquirido.

Uso adulto - Uso injetável

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

Deposteron é uma solução injetável de base oleosa permitindo assim a liberação lenta da testosterona, e a base de éster, que permite rápida liberação de testosterona livre na circulação.

A testosterona é o principal hormônio androgênico sendo responsável pelo desenvolvimento e manutenção das características sexuais masculinas e do estado anabólico de tecidos.

A produção insuficiente de testosterona resulta no hipogonadismo masculino (atrofiamento ou desenvolvimento deficiente de características sexuais secundárias) que pode ser caracterizado por infertilidade ou impotência e tamanho reduzido dos testículos.

Posologia

Como usar Deposteron?

A terapia de reposição deve ser instituída com a administração de 200 mg de cipionato de testosterona a cada 2 semanas, capaz de manter níveis suficientes de testosterona sem levar ao acúmulo.

É aconselhável medir os níveis séricos de testosterona no final de um intervalo entre as administrações.

Níveis séricos inferiores aos valores considerados normais indicam a necessidade de um intervalo menor entre as injeções.

Em caso de níveis séricos elevados, deve-se considerar um aumento do intervalo entre a administração de duas injeções.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis como:

Aumento no número de células vermelhas no sangue (policitemia); aumento de peso; cãibras musculares; nervosismo e depressão; em casos raros, amarelamento da pele (icterícia); além de outras reações que possam estar associadas ao medicamento.

Podem ocorrer reações no local da injeção e reações de hipersensibilidade.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Você não deve utilizar Deposteron em qualquer uma das seguintes condições:

  • Reações alérgicas com o uso deste medicamento ou qualquer componente da fórmula.
  • Presença ou suspeita de câncer de próstata ou da glândula mamária em homens.
  • Presença ou história de tumores no fígado.
  • Se for mulher.

Este medicamento é contra-indicado para crianças ou adolescentes com idade inferior a 18 anos.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Os hormônios androgênicos não são indicados para estimular o desenvolvimento muscular em indivíduos saudáveis ou para melhorar a capacidade física.

Se você for idoso, o Deposteron deve ser utilizado com cautela devido a frequência de hipertrofia benigna da próstata (aumento geral no volume da próstata, não devido à formação de tumores) nesta população.

Portanto, deve-se excluir a possibilidade de existência de câncer de próstata antes de
iniciar o tratamento.

Como precaução, recomenda-se a realização de exames regulares de próstata.

Informe seu médico se você já teve edema.

O tratamento com doses elevadas de testosterona ou a longo prazo aumentam a tendência para a retenção de líquidos e consequente risco de surgimento de edema.

Em pacientes com insuficiência cardíaca, renal e hepática a utilização também deve ser feita com cautela.

Deposteron na gravidez: este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que possam ficar grávidas durante o tratamento.

O uso de Deposteron não é recomendado durante a lactação.

Este medicamento é exclusivo para uso intramuscular.

A injeção intramuscular deve ser administrada profundamente no músculo glúteo por profissional habilitado.

Interações Medicamentosas

  • Anticoagulantes orais: pode ser necessário um ajuste na dosagem de anticoagulantes orais, já que existem relatos na literatura de que a testosterona e seus derivados aumentam a atividade desses agentes. Independentemente deste achado e como regra geral, as limitações da utilização de injeções intramusculares nos pacientes com anormalidades adquiridas ou hereditárias da coagulação sanguínea devem ser sempre observadas.
  • Oxifenbutazona: A administração concomitante com andrógenos pode resultar em um aumento dos níveis séricos da oxifenbutazona.
  • Insulina: Os androgênios podem intensificar os efeitos hipoglicemiantes da insulina causando a diminuição nos níveis de glicemia. Portanto, pode ser necessário uma redução na dosagem do agente hipoglicemiante.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

No caso de ocorrência acidental de superdose, não é necessária a adoção de qualquer medida terapêutica especial, com exceção de interrupção do tratamento ou redução da dose terapêutica.

Composição

Cada ampola contém:

cipionato de testosterona...................................................................................... 200 mg

veículo oleoso q.s.p. .................................................................................................. 2 ml

(álcool benzílico, benzoato de benzila, óleo de amendoim)

Apresentação:

Solução oleosa injetável: caixa com 1 e 3 ampolas de 2 ml

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Manter à temperatura ambiente (15ºC a 30ºC). Proteger da luz e manter em lugar seco.

Aspecto físico:

Deposteron apresenta-se como uma solução oleosa límpida, na cor amarela e isenta de partículas estranhas.

Laboratório

EMS, genéricos, Ltda.

Telefone: (19) 3887.9800

Dizeres Legais

M.S n º 1.0583.0173

Farm. Resp.: Maria Geisa Pimentel de Lima e Silva CRF n º 8.082

SAC: 0800 191 222

publicidade