Cristalpen

Bula de Cristalpen

Bula do remédio Cristalpen. Princípios Ativos Benzilpenicilina Potássica.

publicidade

Indicação

Para quê serve Cristalpen?

No tratamento dos processos infecciosos causados por Actinomoyces israelli (actinomicoses), Bacillus anthracis (carbúnculo), Neisseria gonorrhoeae (artrite e endocardite gonocócicas), Fusobacterium fusiformisans (infecção do trato ganiturinário, gengivometite necrosante ulcerosa), Listeria monocytogenes (listerioses), Menigococcal meningitis (meningite meningocócica), Erysipelotrix insidiosa, estreptococos e outros microrganismos sensíveis (endocardite bacteriana), Pasteurella multocida (meningite), estreptococos, P. multocida, N. meningitis e outros microorganismos sensíveis (meningite estreptocócica), estreptococos (pericardite bacteriana), estreptococos, pneumococos, estafilococos sensíveis, Clostridia e Fusobacterium fusiformisans (pneumonias), Spirillum minus e Streptobacillus miniformis (febre por mordida de ratos), Ascherichia colli, Salmonella Shigella, Proteus mirabilla, Pasteurella multocida e estreptococos (septicemia e bacteremia bacterianas), Treponema pallidum (sífilis, inclusive a congênita), Streptococcus pneumoniae. (osteomielite, mastoidite, peritonite, endocardite, pericardite, artrite supurativa). Na profilaxia dos processos infecciosos provocados por Corynebacterium diphtherias (difteria), nas infecções de feridas por queimaduras e endocardite bacteriana. Doença de Lyme (Borrelia burgdorfer) e eritema crônico migrans.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Pacientes sensíveis às penicilinas e cefalosporinas.

Posologia

Como usar Cristalpen?

A dosagem para cada paciente deve levar em consideração a suscetibilidade dos microrganismos causadores de infecção e o estado de saúde do paciente. A duração da terapia depende da severidade da infecção. O tratamento deve ser mantido por, no mínimo, 48 a 72 horas após o paciente tornar-se assintomático, ou após obterem-se evidências da erradicação da infecção. Um mínimo de 10 dias de tratamento é recomendado para infecções causadas por estreptococos beta-hemolítos do grupo A, com o intuito de prevenir a ocorrência de febre reumática ou glomerulonefrite. Dose usual para adultos: Intramuscular ou intravenosa, de 1 a 5 MUI, a intervalos de 4 a 6 horas.

SANUS Farmacêutica Ltda.

Composição

Cada frasco-ampola contém: Benzilpenicilina potássica 1.000.000 UI; Benzilpenicilina potássica 2.400.000 UI; Benzilpenicilina potássica 5.000.000 UI; Benzilpenicilina potássica 10.000.000 UI.

Apresentação

Injetável 1 MUI, 5 MUI e 10 MUI. Caixas contendo 1,50 e 100 frascos-ampolas.

Laboratório

Sanus Farmacêutica Ltda.

publicidade