Cefalexina

Bula de Cefalexina

Bula do remédio genérico Cefalexina. Classe terapêutica dos Antibióticos e Antibióticos Sistêmicos. Princípios Ativos Cefalexina.

publicidade

Indicação

Para quê serve Cefalexina?

A cefalexina comprimido ou suspensão oral é indicada para o tratamento de sinusite bacteriana, infecções do trato respiratório, otite média, infecções da pele e tecidos moles, infecções ósseas, infecções do trato geniturinário e infecções dentárias.

Uso adulto e pediátrico - Uso oral

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Cefalexina é contra-indicada a pacientes alérgicos a cefalosporinas, peniiclinas, outros antibióticos beta-lactâmicos e/ou demais componentes das formulações.

Posologia

Como usar Cefalexina?

  • Adultos

As doses para adultos variam de 1 g a 4 g diários, em doses fracionadas.

A dose usual para adultos é de 250 mg a cada 6 horas.

Para faringites estreptocócicas, infecções da pele e estruturas da pele e cistites não complicadas, em pacientes acima de 15 anos de idade, uma dose de 500 mg pode ser administrada a cada 12 horas.

O tratamento de cistites deve ser de 7 a 14 dias.

Para infecções mais graves ou aquelas causadas por microrganismos menos sensíveis poderão ser necessárias doses mais elevadas.

Se doses diárias de cefalexina acima de 4 gramas forem necessárias, deve ser considerado o uso de uma cefalosporina parenteral, em doses adequadas.

  • Crianças

A dose diária recomendada para crianças é de 25 a 50 mg/kg em doses fracionadas.

Para faringites estreptocócicas, em pacientes com mais de um ano de idade, infecções do trato urinário leves e não complicadas e infecções da pele e estruturas da pele, a dose diária total poderá ser fracionada e administrada a cada 12 horas.

O tratamento de cistites deve ser de 7 a 14 dias.

Para infecções mais graves ou aquelas causadas por microrganismos menos sensíveis poderão ser necessárias doses mais elevadas.

Se doses diárias de cefalexina acima de 4 gramas forem necessárias, deve ser considerado o uso de uma cefalosporina parenteral, em doses adequadas.

Exemplos: doses a serem administradas 4 (quatro) vezes ao dia
Peso da criança (kg)cefalexina susp. oral 250 mg/5 mL
(n.º de colher-medida)
101/4 a 1/2
201/2 a 1
401 a 2
Exemplos: doses a serem administradas 2 (duas) vezes ao dia
Peso da criança (kg)cefalexina susp. oral 250 mg/5 mL
(n.º de colher-medida)
101/2 a 1
201 a 2
402 a 4

Nas infecções graves a dose pode ser dobrada.

No tratamento da otite média, os estudos clínicos demonstraram que são necessárias doses de 75 a 100 mg/kg/dia em 4 doses fracionadas.

No tratamento de infecções causadas por estreptococos beta-hemolíticos, a dose terapêutica deve ser administrada por 10 dias, no mínimo.

A suspensão oral deve ser agitada antes do uso.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

  • Gastrintestinais

Sintomas de colite pseudomembranosa podem aparecer durante ou após o tratamento com antibiótico.

Náuseas e vômitos têm sido relatados raramente.

A reação adversa mais frequente tem sido a diarréia, sendo raramente grave o bastante para determinar a interrupção da terapia.

Tem também ocorrido dispepsia e dor abdominal.

Como acontece com algumas penicilinas ou cefalosporinas, têm sido raramente relatadas hepatite transitória e icterícia colestática.

  • Reações de hipersensibilidade

Foram observadas reações alérgicas na forma de erupções cutâneas, urticária, angioedema e raramente eritema multiforme, síndrome de stevens-johnson ou necrólise tóxica epidérmica.

Essas reações geralmente desaparecem com a suspensão da droga.

Terapia de suporte pode ser necessária em alguns casos.

Anafilaxia também foi relatada.

Outras reações têm incluído prurido anal e genital, monilíase genital, vaginite e corrimento vaginal, tonturas, fadiga e dor de cabeça, agitação, confusão, alucinações, artralgia, artrite e doenças articulares.

Tem sido raramente relatada nefrite intersticial reversível.

Eosinofilia, neutropenia, trombocitopenia e elevações moderadas da transaminase glutâmico-oxalacética no soro (tgo) e transaminase glutâmico-pirúvica no soro (tgp) têm sido referidas.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Antes da administração, verificar se o paciente apresenta antecedentes alérgicos, especialmente a antibióticos.

Este produto contém o corante amarelo de tartrazina que pode causar reação alérgica, entre os quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgica ao ácido acetilsalicílico.

Cefalexina na gravidez e lactação: cefalexina não deve ser administrada quando houver gravidez suspeita ou confirmada e/ou durante a lactação, a não ser que, a critério médico, os benefícios do tratamento esperados para a mãe superem os riscos potenciais para o feto.

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.

Cefalexina é excretada no leite materno.

Informe ao seu médico se está amamentando.

Interações Medicamentosas

Não são conhecidas interações deste medicamento com alimentos e álcool.

Entretanto, recomenda-se não ingerir bebidas alcoólicas durante o tratamento.

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

Cefalexina apresenta ação bactericida, assim sendo, destrói as bactérias causadoras do processo infeccioso.

O início da ação ocorre aproximadamente 60 minutos após administração oral.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Os sintomas de uma superdosagem oral podem incluir náusea, vômito, dor epigástrica, diarréia e hematúria.

Caso outros sintomas surjam, é provável que sejam secundários à doença concomitante, a uma reação alérgica ou aos efeitos tóxicos de outra medicação.

Ao tratar uma superdosagem, considerar a possibilidade de superdosagem de múltiplas drogas, interação entre drogas e cinética inusitada da droga no paciente.

Não será necessária a descontaminação gastrintestinal, a menos que tenha sido ingerida uma dose 5 a 10 vezes a dose normal.

Composição

Cefalexina 500mg

Cada comprimido revestido contém:

cefalexina monoidratada equivalente a 500 mg de cefalexina base.
Excipientes q.s.p. ................................................................................................1 comprimido

Excipientes: celulose microcristalina, lactose, dióxido de silício coloidal, glicolato de amido sódico, polietilenoglicol e estearato de magnésio.

A película de revestimento contém: hidroxipropilmetilcelulose, corante laca amarelo crepúsculo e dióxido de titânio.

Cefalexina Suspensão Oral

Cada 5 mL de suspensão oral contém:

cefalexina monoidratada equivalente a 250 mg de cefalexina base.
Excipientes q.s.p. ..............................................................................................................5 mL

Excipientes: cloreto de sódio, açúcar refinado, neoesperidina, estearato de alumínio, dióxido de silício coloidal, crospovidona, óleo de castor hidrogenado, óleo de coco fracionado, lecitina de soja, butilparabeno, aroma de menta, aroma de abacaxi, corante laca amarelo crepúsculo e corante laca amarelo tartrazina.

Apresentação:

  • Cefalexina comprimido revestido 500 mg - embalagens contendo 8 ou 10 comprimidos revestidos.
  • Cefalexina suspensão oral 250 mg/5 mL - embalagem contendo 1 frasco com 100 mL de suspensão oral pronta para uso.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC).

Proteger da luz.

Conservar o frasco de cefalexina suspensão oral bem fechado.

Desde que observados os devidos cuidados de conservação, o prazo de validade da cefalexina é de 24 meses, contados a partir da data de fabricação impressa em sua embalagem externa.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caso o paciente deixe de tomar uma dose, deverá tomá-la assim que possível.

Não use mais que a quantidade total de Cefalexina recomendada pelo médico em um período de 24 horas.

Laboratório

Eurofarma Laboratórios Ltda.

SAC: 0800-704-3876

Dizeres Legais

Comprimido revestido MS - 1.0043.0735
Suspensão oral MS - 1.0043.0742
Farm. Resp.: Dra. Sônia Albano Badaró - CRF-SP 19.258

publicidade