Buscofem

Bula do remédio Buscofem. Classe terapêutica dos Analgésicos. Princípios Ativos Ibuprofeno.

Bula de Buscofem

Indicação

Para que serve Buscofem?

Buscofem cápsula é indicado para o alívio temporário das dores pélvicas, como por exemplo, cólicas menstruais.

Uso adulto - Uso oral

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Buscofem é contra-indicado em:

  • pacientes com alergia ao ibuprofeno ou a qualquer componente do produto;
  • pacientes com úlcera no intestino ou com história de úlcera no passado, sangramento ou perfuração;
  • mulheres durante os últimos três meses da gravidez;
  • pacientes com graves problemas de coração, fígado ou rins;
  • pacientes que estejam apresentando vômitos, diarréia ou que não estejam ingerindo líquido adequadamente.

Não utilizar nos casos em que medicamentos contendo iodeto, ácido acetilsalicílico e outros antiinflamatórios não esteróides, inclusive o ibuprofeno, tenham induzido asma, pólipo nasal, inchaço ou urticária.

Não utilizar o medicamento em casos de intolerância a algum componente presente na formulação.

Buscofem é contra-indicado para crianças de 0 a 12 anos de idade.

Posologia

Como usar Buscofem?

Buscofem ibuprofeno 400 mg: 1 cápsula, 3 vezes ao dia, com intervalo mínimo de 4 horas. Não ultrapassar o total de 3 cápsulas ao dia.

As cápsulas devem ser tomadas inteiras com um pouco de líquido.

Se ocorrer azia, queimação ou dor estomacal, Buscofem pode ser tomado após a alimentação.

Porém, diante desses sintomas o melhor é interromper o tratamento e procurar orientação médica.

As cápsulas deste medicamento não podem ser abertas ou mastigadas.

publicidade

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais frequentes com Buscofem são: azia, dor e queimação no estômago, alergia ao produto, dor de cabeça, tontura, insônia e problemas visuais.

Também podem ocorrer náuseas, vômitos ou diarréia. Outras reações são raras.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

O medicamento não deve ser utilizado por um período maior que 7 dias, a menos que seja prescrito pelo médico.

Os pacientes que apresentam asma, pólipo nasal, inchaço ou urticária utilizando o ácido acetilsalicílico ou qualquer um dos demais analgésicos antiinflamatórios não esteróides também podem apresentar os mesmos problemas utilizando o ibuprofeno.

Evitar o uso junto com outros analgésicos ou medicamentos que possam causar irritação no estômago e no intestino.

Podem ocorrer reações alérgicas em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico e outras doenças semelhantes.

Buscofem deve ser administrado com cuidado em pacientes com história de outras doenças gastrintestinais, incluindo doença inflamatória do intestino como colite ulcerativa e doença de Crohn.

O tratamento com Buscofem deve ser interrompido se surgirem sintomas de úlcera como azia, dor ou queimação no estômago ou se ocorrer sangramento gastrintestinal. Tais consequências normalmente são mais graves em pacientes idosas e tratadas com anticoagulantes.

A administração conjunta com outros antiinflamatórios não esteróides, incluindo ácido acetilsalicílico, aumenta o risco de desenvolvimento de tais reações.

Utilizar com cautela em pacientes idosas que têm maior propensão a apresentar efeitos colaterais durante o tratamento com antiinflamatórios não esteróides.

Os antiinflamatórios não esteróides podem provocar graves reações cutâneas.

O uso da medicação deve ser interrompido ao primeiro sinal de erupção cutânea, lesões das mucosas ou qualquer outro sinal de alergia.

O ibuprofeno pode causar edema (inchaço) nas pernas e pés. As pacientes que apresentam maior risco de inchaço são as pacientes idosas, desidratadas, pacientes com problemas cardíacos importantes, cirrose do fígado, insuficiência renal, pacientes em uso de diuréticos ou que sofreram cirurgia de grande porte recentemente.

A descontinuação do tratamento com o ibuprofeno é seguida do retorno às condições normais pré-tratamento.

O uso prolongado de analgésicos, especialmente em altas doses, pode induzir a ocorrência de dores de cabeça. A ingestão habitual a longo prazo de analgésicos pode levar a um comprometimento nos rins. Caso seja considerado necessário pelo médico responsável um tratamento a longo prazo, as funções do fígado e dos rins, assim como as contagens sanguíneas devem ser controladas.

O ibuprofeno pode causar distúrbios visuais. Caso estes sintomas ocorram, o paciente deve informar o profissional de saúde e interromper o uso de ibuprofeno.

Buscofem na gravidez e lactação: o ibuprofeno não deve ser administrado durante a gravidez e a lactação, exceto sob orientação médica. O ibuprofeno aparece no leite materno em concentrações muito baixas, sendo improvável que cause efeito adverso sobre o lactente.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

Para uso em curto prazo, o ibuprofeno não prejudica a habilidade de dirigir veículos ou operar máquinas.

Interações Medicamentosas

Evitar o uso de Buscofem​ junto com medicamentos contendo paracetamol, iodetos, medicamentos para o diabetes como os hipoglicemiantes orais ou insulina, ácido valpróico entre outros.

No caso de estar tomando outros medicamentos, na dúvida, consulte um médico antes de tomar ibuprofeno.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Procurar socorro médico imediatamente.

O tratamento deve ser sintomático e de suporte.

Deve-se promover esvaziamento do estômago, através da indução de vômito ou lavagem gástrica.

Não há antídoto específico.

Composição

Cada cápsula contém 400 mg de ibuprofeno.

Excipientes: macrogol, hidróxido de potássio, gelatina, anidrisorb, metilparabeno, propilparabeno, corante amarelo.

Apresentação: cápsulas de 400 mg - embalagem com 10 cápsulas.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Manter o medicamento em temperatura ambiente (15°C a 30°C).

Proteger da luz e da umidade.

Laboratório

Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda.

SAC 0800-7016633

Dizeres Legais

MS - 1.0367.0159
Farmacêutica responsável: Laura M. S. Ramos – CRF/SP-6870

publicidade