Baycuten N

Bula de Baycuten N

Bula do remédio Baycuten N. Classe terapêutica dos Corticosteroides Topicos. Princípios Ativos Dexametasona e Clotrimazol.

publicidade

Indicação

Para quê serve Baycuten N?

Baycuten N é indicado para o tratamento de eczema (lesão na pele) e inflamações da pele (dermatites), especialmente daquelas causadas por fungos.

Estas infecções podem ocorrer em muitas partes do corpo e frequentemente se manifestam por meio de vermelhidão, descamação ou inflamação da pele, muitas vezes acompanhada de ardor, prurido (coceira) ou ferimento úmido.

Uso adulto e pediátrico - Uso tópico

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Você não deve usar Baycuten N se:

  • for alérgico ao clotrimazol, dexametasona, álcool cetoestearílico, ou a qualquer componente da fórmula;
  • tiver uma das seguintes doenças: sífilis, tuberculose, catapora, reações à vacina contra a varíola, infecções virais da pele, como herpes simples, rosácea (manchas avermelhadas na pele do rosto), inflamação da pele ao redor da boca (dermatite perioral).

Posologia

Como usar Baycuten N?

Você deve usar Baycuten N conforme as orientações abaixo, a menos que seu médico tenha prescrito de outra forma:

  • antes de usar o creme, lave sempre as áreas infectadas da pele para remover a pele solta e resíduos do tratamento anterior. Seque bem a pele, especialmente nas áreas difíceis de alcançar;
  • aplique duas vezes por dia uma camada fina de Baycuten N suficiente para cobrir a área afetada da pele e friccione até que o creme desapareça. Os períodos mais apropriados para a aplicação do creme são de manhã e de noite;
  • nos casos graves, o creme pode ser aplicado em compressa de gaze estéril para manter contato com a pele o maior tempo possível;
  • se você esquecer de usar uma dose de Baycuten N, não use uma quantidade maior na próxima vez, simplesmente continue o tratamento como recomendado.

Duração do tratamento: para a cura completa, o tratamento deve continuar por vários dias depois que os sintomas, como prurido ou ardor, desaparecerem.

Inflamações e infecções da pele geralmente melhoram em 8 a 10 dias.

Se os sintomas não melhorarem nesse período ou se piorarem, consulte seu médico.

Como as infecções por fungos podem continuar na pele mesmo depois que todos os sinais de inflamação tenham diminuído (vermelhidão, inchaço, ferimento úmido), pode ser necessário um tratamento posterior com creme/ pomada antifúngica. Consulte seu médico.

Tratamentos de longa duração devem ser realizados somente com supervisão médica.

Troque diariamente toalhas e roupas que ficam em contato com as áreas infectadas.

Esta simples ação evitará que a infecção por fungos passe para outras partes do corpo ou para outras pessoas.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

A aplicação de Baycuten N na pele somente permite a absorção de quantidades muito pequenas das substâncias ativas na corrente sanguínea.

É, portanto, improvável que o medicamento tenha qualquer efeito no corpo em geral.

Ocasionalmente podem ocorrer reações na pele, inclusive alergias.

Ocorrências possíveis nas áreas da pele em tratamento, especialmente em áreas grandes ou com aplicação prolongada, ou ainda quando se usam curativos fechados: acne esteróide, dilatação persistente dos vasos sanguíneos pequenos na pele (telangectasia), mudança no crescimento de pêlos (hipertricose), atrofia da pele, estrias na pele causadas por dano às fibras elásticas.

Se os efeitos indesejáveis aparecerem na primeira utilização ou se houver piora de sintomas,
suspenda o uso de Baycuten N e informe seu médico.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Baycuten N na gravidez: não deve ser usado nos três primeiros meses de gravidez por causa do ingrediente dexametasona.

Nos outros meses de gravidez e em crianças, Baycuten N não deve ser usado em grandes áreas da pele ou por muito tempo.

Se estiver amamentando, não use Baycuten N nas mamas.

Pacientes com tendência a eczema devem evitar compressas de curativos fechados sobre a área em tratamento com Baycuten N.

Interações Medicamentosas: não se conhecem interações com outros medicamentos.

Composição

Cada 100 g de creme contêm 1 g de clotrimazol e 0,0443 g de acetato de dexametasona (equivalente a 0,040 g de dexametasona).

Excipientes: ésteres de ácido (alquiltetraglicoléter)-o-fosfórico, álcool cetoestearílico, éster do ácido caprílico/cáprico, álcool benzílico e água.

Apresentação: Baycuten N é apresentado em bisnagas contendo 20, 30 e 40 g de creme dermatológico.

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

Baycuten N contém duas substâncias ativas: dexametasona e clotrimazol.

A dexametasona é indicada para o tratamento dos processos inflamatórios e clotrimazol é indicado para o tratamento de infecções mistas por fungos ou por bactérias gram-positivas.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Não se conhecem efeitos adversos devido ao uso de grande quantidade de Baycuten N.

Não há relatos disponíveis sobre este assunto.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Baycuten N deve ser guardado na sua embalagem original, em temperatura ambiente, inferior a 25°C.

Aspecto físico: : Baycuten N é um creme branco, não tem cheiro.

Laboratório

Bayer S.A.

SAC: 0800 702 1241

Dizeres Legais

M.S.- 1.7056.0023
Farm. Resp.: Dra. Dirce Eiko Mimura - CRF_SP nº 16532

publicidade