Ampicilina

Bula do remédio genérico Ampicilina. Classe terapêutica dos Antibióticos. Princípios Ativos Ampicilina.

Indicação

Para que serve?

Ampicilina é um antibiótico indicado para tratar infecções sensíveis à Ampicilina, como infecções urinárias, respiratórias, digestivas, biliares, bucais, assim como infecções causadas por intervenções cirúrgicas.

Além disso, a ampicilina também é indicada no tratamento de infecções localizadas ou sistêmicas especialmente causadas por microorganismos do grupo enterococos, Haemophilus, Proteus, Salmonella e E. coli.

Uso Adulto e Pediátrico - Via oral

Contraindicações

Quando não devo usar?

A administração de Ampicilina está contraindicada para pacientes com alergia às Penicilinas ou outros componentes da fórmula, assim como para pacientes com historial de alergia às Cefalosporinas.

Posologia

Como usar?

As doses recomendadas de Ampicilina dependem da idade do paciente e do problema a tratar. Assim as orientações gerais são:

Tipo de Infecção

Dose para Adultos

Dose para Crianças

Vias respiratórias250 - 500 mg, de 6 em 6 horas

25 - 50 mg/kg/dia de 6 em 6 horas ou de 8 em 8 horas.

Trato gastrintestinal500 mg de 6 em 6 horas50 - 100 mg/kg/dia de 6 em 6 horas ou de 8 em 8 horas.
Vias geniturinárias500 mg de 6 em 6 horas50 - 100 mg/kg/dia de 6 em 6 horas ou de 8 em 8 horas.
Meningite bacteriana8 a 14 g de 24 em 24 horas

100 a 200 mg/kg/dia

A duração do tratamento com Ampicilina deve ser indicado pelo seu médico, pois depende dos sintomas exibidos e dos resultados de sangue, devendo o tratamento ser prolongado por pelo menos 48 a 72 horas após cessarem todos os sintomas.

Antes de tomar a Ampicilina, o medicamento deve ser diluído, devendo-se agitar o frasco para espalhar o pó, depois adicionar água filtrada até à seta assinalada no rótulo e agitar novamente o frasco. Caso se verifique que a mistura não atingiu a marca assinalada no rótulo deve adicionar-se mais água. Para tomar a dose prescrita pelo médico, deve colocar o adaptador no frasco, inserir a seringa doseadora no adaptador e puxar o êmbolo até atingir a dose em ml indicada pelo médico. Após a reconstituição, a suspensão oral é válida por 7 dias, devendo ser descartada após este tempo.

A Ampicilina não deve ser administrada juntamente com alimentos, devendo ser tomada 30 minutos a 1 hora antes das refeições, uma vez que estes dificultam a sua absorção pelo organismo.

publicidade

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Ampicilina podem incluir vermelhidão de pele, urticária, coceira, náuseas, vômitos ou diarreia.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

A Ampicilina na gravidez e lactação não deve ser administrada, a não ser que o médico recomende, e que os benefícios do tratamento esperados para as mães superem os riscos potenciais para o feto, uma vez que a ampicilina é excretada no leite materno.

Antes de iniciar o tratamento com Ampicilina, deverá falar com o seu médico se tiver diabetes, historial de alergias intensas ou asma.

A Ampicilina quando utilizada para o tratamento de infecções crônicas das vias geniturinárias e gastrintestinais, faz com que sejam necessárias avaliações bacteriológicas e clínicas frequentes, assim como é necessária a realização de exames pós-tratamento que devem de ser repetidos por vários meses.

Farmacocinética

Como funciona?

A ampicilina ou ácido 6[D(-)alfa-aminofenilacetamido] Penicilânico, é um antibiótico bactericida, semi-sintético, derivado das Penicilinas. Este antibiótico é eficaz no tratamento de infecções causadas por microrganismos sensíveis à ampicilina, e a sua ação inicia-se minutos após a administração de uma dose, mantendo-se adequada por 6 horas ou mais.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar?

Ampicilina deve ser conservada à temperatura ambiente, entre os 15 ºC e os 30 ºC, protegendo da umidade.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Ampicilina é pouco provável que sejam exibidos efeitos tóxicos graves, contudo, em caso de ingestão de grandes quantidades de Ampicilina deverá consultar o seu médico logo que possível.

Composição

Cada 5 mL de Ampicilina suspensão oral reconstituída contém:

Ampicilina _____________________________________ 250 mg

Veículo q.s.p. ____________________________________ 5 mL

(Veículo: aroma de baunilha, aroma de morango, benzoato de sódio, celulose microcristalina e carmelose sódica, citrato de sódio diidratado, corante vermelho ponceau 4R, dióxido de silício coloidal, goma xantana, sacarose,silicona).

Interações Medicamentosas

Antes de iniciar o tratamento com Ampicilina, deverá falar com o seu médico caso se encontre a tomar algum dos seguintes medicamentos: Alopurinol, Contraceptivos orais ou Probenecida.

Laboratório

Medley

Medley Indústria Farmacêutica Ltda.: Rua Macedo Costa, 55, Campinas - SP
CNPJ 50.929.710/0001-79 - Indústria Brasileira; - www.medley.com.br; - SAC: 0800 7298000.

Dizeres Legais:

MS - 1.0181.0538
Farm. Resp.: Dra. Miriam Onoda Fujisawa - CRF-SP nº 10.640

Outros antibióticos com Ampicilina são: Cilinon, Amplatil, Ambezetal e Totapen.

publicidade
< Ampicil < Ampicilina > Ampiretard >