Allestra

publicidade

Bula do remédio Allestra. Classe terapêutica dos Anticoncepcional Oral. Princípios Ativos Etinilestradiol e Gestodeno.

Indicação

Para que serve Allestra?

Anticoncepcional oral.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Allestra 20 não deve ser usado na gravidez; distúrbios cardiovasculares ou cerebrovasculares, por exemplo tromboflebites, processos tromboembólicos ou antecedentes dessas condições; hipertensão grave; alterações hepáticas graves; icterícia ou prurido persistente durante gestação anterior; síndrome de dubin johnson e de rotor; tumores hepáticos atuais ou antecedentes dos mesmos; processos tromboembólicos arteriais ou venosos, ou antecedentes dos mesmos, bem como condições que aumentem a tendência a tais enfermidades (por exemplo, distúrbios do sistema de coagulação com tendência à trombose, doença cardiovascular, fibrilação atrial); anemia falciforme; neoplasia estrógeno dependente confirmada ou suspeita, como por exemplo, carcinoma de mama ou de endométrio; diabetes mellitus grave com alterações vasculares; transtornos do metabolismo lipídico; antecedentes de herpes gestacional; otosclerose com agravamento durante alguma gestação precedente; sangramento genital não diagnosticado.

Posologia

Como usar Allestra?

Uma drágea ao dia durante 21 dias consecutivos, sempre no mesmo horário, iniciando no primeiro dia do ciclo (primeiro dia de sangramento). Nos ciclos subsequentes, deverá ser observado um intervalo de 7 dias entre a última drágea do ciclo que termina e a primeira drágea do ciclo que se inicia. Se não ocorrer o sangramento por privação neste intervalo, o tratamento não deve ser continuado até que seja excluída a possibilidade de gravidez.

ALLESTRA 20 é eficaz a partir do primeiro dia de tratamento, se as drágeas forem iniciadas no primeiro dia do ciclo, como descrito.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Foram associados ao tratamento com estrogênio e/ou progestogênio as seguintes reações: trato geniturinário: sangramento intermenstrual, amenorréia e amenorréia pós medicação, alterações na secreção cervical, aumento no tamanho dos fibromiomas uterinos, agravamento de endometriose, certas infecções vaginais como a candidíase e/ou outras infecções genitais.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

A superdosagem pode causar náuseas e vômitos; algumas mulheres podem apresentar hemorragia por supressão. é razoável assumir que os procedimentos gerais de lavagem gástrica e tratamento geral de suporte devam ser empregados.

Laboratório

Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.

SAC: 0800 701 6900

publicidade