Alenia

publicidade

Bula do remédio Alenia. Princípios Ativos Lactose, Budesonida e Fumarato de Formoterol.

Indicação

Para que serve Alenia?

ALENIA (fumarato de formoterol/budesonida) está indicado no tratamento regular da asma nos casos em que o uso de uma associação (corticosteróide inalatório com
um agonista beta de ação prolongada) é apropriado.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

ALENIA (fumarato de formoterol/budesonida) é contra-indicado em pacientes que tenham umahistória prévia de hipersensibilidade a qualquer dos componentes da fórmula. Deve-se ter cautela em pacientes com história de alergia a outros betabloqueadores ou corticóides, mulheres menopausadas sem terapia hormonal, tuberculose pulmonar ativa ou recente, arritmias cardíacas, doenças coronárias, potássio sanguíneo baixo, diabetes, infecções em geral e doenças da tireóide.

Posologia

Como usar Alenia?

A dose de ALENIA (fumarato de formoterol/budesonida) deve ser individualizada conforme a gravidade da doença.

Quando for obtido o controle da asma, a dose deve ser ajustada para a menor dose que permita manter um controle eficaz dos sintomas.

- ALENIA (fumarato de formoterol/budesonida) 6/100 mcg:
Adultos e adolescentes (a partir de 12 anos de idade):
1-2 cápsulas duas vezes ao dia. Dose máxima de manutenção diária: 4 cápsulas. Durante uma piora da asma, a dose pode ser temporariamente aumentada para um máximo de 4 cápsulas, 2 vezes ao dia, em adultos.

Crianças (a partir de 6 anos de idade): 1 cápsula duas vezes ao dia. Dose máxima de manutenção diária: 4 cápsulas.

- ALENIA (fumarato de formoterol/budesonida) 6/200 mcg:
Adultos e adolescentes (a partir de 12 anos de idade):
1-2 cápsulas uma ou duas vezes ao dia. Dose máxima de manutenção diária: 4 cápsulas. Durante uma piora da asma, a dose pode ser temporariamente aumentada para um máximo de 4 cápsulas, 2 vezes ao dia, em adultos.

Crianças (a partir de 6 anos de idade): 1 cápsula duas vezes ao dia. Dose máxima de manutenção diária: 2 cápsulas.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Dado que ALENIA (fumarato de formoterol/budesonida) contém budesonida e formoterol, deve ocorrer o mesmo padrão de efeitos não desejáveis observados com estas substâncias, quando administradas isoladamente. Não se observou qualquer aumento da incidência de reações adversas após a administração concomitante dos dois compostos.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

A superdosagem do formoterol provavelmente conduzirá aos efeitos típicos da estimulação excessiva beta-adrenérgica, a saber: náusea, vômitos, cefaléia, tremores, insônia, palpitação, taquicardia, angina pectoris, hipertensão ou hipotensão, arritmia ventricular, acidose metabólica, hipocalemia e hiperglicemia.

São indicados a suspensão da medicação, tratamentos sintomático e de suporte. É recomendado monitorização cardíaca. Os casos graves devem ser hospitalizados.

Apresentação

Embalagem contendo 60 cápsulas de alenia (fumarato de formoterol/budesonida) 6/100 mcg com inalador.

Embalagem contendo 60 cápsulas de alenia (fumarato de formoterol/budesonida) 6/200 mcg com inalador.

Interações Medicamentosas

Formoterol:
Outros agonistas adrenérgicos: excesso da estimulação adrenérgica.

Antidepressivos triciclícos, inibidores da MAO:
pode resultar em aumento dos efeitos cardiovasculares.

Budesonida:
O metabolismo da budesonida é mediado principalmente pela CYP3A4, uma subfamília do citocromo P450. Portanto, inibidores desta enzima, como o cetoconazol, podem aumentar a exposição sistêmica à budesonida. Esta possibilidade tem importância clínica limitada para o tratamento a curto prazo (1-2 semanas) com cetoconazol, mas deve ser levada em consideração durante tratamento a longo prazo.

Laboratório

Biosintética Farmacêutica Ltda.

SAC: 0800-7016900 

publicidade