Advil

publicidade

Bula do remédio Advil. Classe terapêutica dos Analgésicos e Antitérmicos. Princípios Ativos Ibuprofeno.

Indicação

Para que serve Advil?

Advil está indicado no alívio temporário da febre e de dores de leve a moderada intensidade como: dor-de-cabeça,ƒ dor nas costas, dor muscular, enxaqueca,ƒ cólica menstrual,ƒ de gripes e resfriados comuns,ƒ dor de artrite,ƒ dor-de-dente.

Via oral - Uso adulto

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

Advil contém ibuprofeno, um derivado do ácido fenilpropiônico que possui atividade analgésica e antitérmica.

Advil 400 mg traz o ibuprofeno na inovadora cápsula gelatinosa mole (cápsula líquida), onde o analgésico encontra-se na forma líquida no interior de uma cápsula gelatinosa, proporcionando início de ação mais rápido.

Após sua administração, o efeito se inicia em cerca de 10 a 30 minutos, com ação prolongada de até 8 horas.

Posologia

Como usar Advil?

Advil 400 mg (cápsula gelatinosa)

Adultos e crianças acima de 12 anos: dose recomendada de 1 cápsula.

Não exceder o total de 3 cápsulas (1200 mg) em um período de 24 horas.

Advil 200 mg (Comprimido revestido)

Adultos e crianças acima de 12 anos: dose recomendada de 1 ou 2 comprimidos.

Não exceder o total de 6 comprimidos em um período de 24 horas.

Se necessário, esta dose pode ser repetida 3 vezes ao dia, com intervalo mínimo de 4 horas.

Recomenda-se utilizar a menor dose eficaz para controle dos sintomas.

Pode ser administrado junto com alimentos.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Advil pode causar reações alérgicas, dor de estômago, desconforto abdominal, náusea e vômito.

Informe ao médico o aparecimento destas ou de quaisquer outras reações indesejáveis.

Atenção: este é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis para comercialização, efeitos indesejáveis e não conhecidos podem ocorrer. Neste caso, informe seu médico.

O uso contínuo pode aumentar o risco de ataque cardíaco ou derrame cerebral.

Os efeitos colaterais podem ser minimizados se o medicamento for administrado em sua menor dose pelo menor tempo de uso.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Não usar este medicamento se houver história anterior de alergia ao ibuprofeno ou a qualquer componente da fórmula, ao ácido acetilsalicílico ou a qualquer outro antitérmico/analgésico.

Não deve ser usado por pessoas com história prévia ou atual de úlcera gastroduodenal ou sangramento gastrintestinal.

Este medicamento é contra-indicado na faixa etária de menores de 12 anos.

Não usar durante os últimos 3 meses de gravidez.

Em portadores de asma ou outras afecções alérgicas, o ibuprofeno deve ser usado com cautela.

Consulte um médico antes de usar este medicamento caso:

  • ƒtenha pressão alta, doença do coração ou dos rins, ou esteja tomando um diurético;
  • ƒ esteja sob cuidados médicos por qualquer condição grave;
  • esteja em uso de qualquer outro anti-inflamatório não-esteroidal, como diclofenaco e cetoprofeno, por exemplo, anticoagulantes ou qualquer outro medicamento;
  • ƒesteja em uso de ácido acetilsalicílico por problema do coração ou derrame, uma vez que o ibuprofeno pode diminuir o efeito esperado do ácido acetilsalicílico nestes casos;
  • ƒesteja grávida ou amamentando;
  • ƒtenha mais de 70 anos de idade.

Interrompa o uso deste medicamento e consulte um médico caso:

  • ƒocorra uma reação alérgica ou qualquer outra reação indesejável, como vermelhidão, bolhas ou erupções na pele;
  • ƒa febre apresente piora, ou persista por mais de 3 dias;
  • ƒa dor apresente piora, ou persista por mais de 10 dias;
  • ƒocorra dor de estômago com o uso deste medicamento;
  • ƒseja observado vômito com sangue, ou fezes enegrecidas ou sanguinolentas.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Deve-se levar em consideração a relação risco-benefício antes de iniciar o tratamento para pacientes com as seguintes condições: história de doença ulcerosa péptica, sangramento ou perfuração gastrintestinal, disfunção renal, asma, ou outras afecções alérgicas. hipertensão ou cardiopatia agravada por retenção hídrica e edema, disfunção hepática, história de distúrbios da coagulação ou lúpus eritematoso sistêmico, ou que estejam utilizando outros AINEs.

Advil na gravidez e lactação:

Não foram realizados estudos bem controlados em humanos até o momento.

Estudos em animais não demonstraram efeitos adversos sobre o desenvolvimento fetal.

O uso de AINEs durante a segunda metade da gravidez não é recomendado pelo risco de levar ao fechamento prematuro do ductus arteriosus.

O ibuprofeno não foi detectado no leite materno (sensibilidade de 1mcg/ml), sendo considerado seguro o seu uso durante a lactação.

Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco

Este medicamento é contra-indicado na faixa etária de menores de 12 anos de idade.

Recomenda-se cautela no uso de AINEs em idosos, em especial aqueles com mais de 70 anos de idade.

Não há necessidade de ajuste de dose para indivíduos com insuficiência renal ou hepática.

Não é necessária a suplementação de dose após hemodiálise ou diálise peritoneal.

Interações Medicamentosas

O uso concomitante de qualquer AINE com os seguintes fármacos deve ser evitado, especialmente nos casos de administração crônica: ácido acetilsalicílico, paracetamol, colchicina, outros antiinflamatórios não-esteróides, corticosteróides, glicocorticóides, corticotrofina, agentes anticoagulantes ou trombolíticos, inibidores de agregação plaquetária, hipoglicemiantes orais ou insulina, anti-hipertensivos e diuréticos, ácido valpróico, plicamicina, compostos de ouro, ciclosporina, metotrexato, lítio, probenecida, inibidores da ECA (enzima conversora de angiotensina) e digoxina.

Desaconselha-se o uso concomitante com bebida alcoólica.
Interação com alimentos: a taxa de absorção do ibuprofeno pode ser retardada e a concentração de pico sérico reduzida quando administrado com alimentos, no entanto, sua biodisponibilidade não é significativamente afetada.

Interação com exames de laboratório: Tempo de sangramento pode ser aumentado pela maioria dos AINEs, com o ibuprofeno este efeito pode persistir por menos de 24 horas; pode haver diminuição da glicemia.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Procure imediatamente orientação de um médico ou um centro de intoxicação.

Composição

Advil 400 mg (cápsula gelatinosa)

Cada cápsula gelatinosa mole contém:

ibuprofeno ..................................................................................................... 400 mg

Excipientes: polietilenoglicol, hidróxido de potássio, gelatina, glicerol, sorbitol, corante vermelho e água purificada.

Advil 200 mg (Comprimido revestido)

Cada comprimido revestido contém:

ibuprofeno .......................................................................................... 200 mg
Excipientes: croscarmelose sódica, celulose microcristalina, corante marrom, corante preto, corante regular, álcool, dióxido de silício, lauril sulfato de sódio, amido de milho, amido, amido pré gelatinizado, ácido esteárico, sacarose e cera de abelha.Apresentação:

  • Cápsulas gelatinosas moles - Advil 400 mg: caixas com (2), (6), (8), (10), (16), (20),(36), (60), (80), (90), (120), (160), (180) cápsulas.
  • Comprimidos revestidos - Advil 200 mg: caixas com 20 e 100 comprimidos

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

O produto deve ser mantido em local protegido de umidade e da luz e em temperatura ambiente (entre 15 - 30°C).

Aspecto físico:

  • cápsula oval mole de cor vermelha translúcida, contendo uma solução transparente.
  • comprimido revestido de cor marrom-rosada com faces polidas.

Laboratório

Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda.

SAC: 08000 175934

Dizeres Legais

MS nº1.2110.0056
Farm. Resp.: Edina S. M. Nakamura - CRF - SP nº 9258

publicidade